Em Coari, vereador é preso por receptação de motocicleta roubada

Moto e Vereador

Equipe de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari, município distante 363 quilômetros em linha reta da capital, sob o comando do delegado titular da unidade policial, Mauro Duarte, e apoio de policiais militares, efetuou na manhã desta sexta-feira, dia 5, por volta das 10h30, a prisão em flagrante do vereador Márcio Silva de Almeida, 35, por receptação de uma motocicleta modelo Honda Bros 150, com restrição de roubo.

De acordo com o delegado, a ação policial tinha por objetivo cumprir mandados de prisão preventiva, expedidos para uma dupla conhecida como “Piratas do Rio Solimões”: Ilcemar Ribeiro Coelho Filho, o “Cimazinho”, e José Freide da Silva Souza. Segundo o delegado, populares teriam feito delações informando que a dupla procurada estaria morando em uma propriedade do vereador, que é irmão por parte de mãe de “Cimazinho”.

“Nosso objetivo era cumprir os mandados em aberto, porém, durante as diligências em um sítio fomos informados pelos caseiros que o imóvel pertencia ao vereador e que uma motocicleta encontrada no lugar, com restrição de roubo desde 2015, em Manaus, pertencia a Márcio Silva. Então demos início às buscas pelo vereador”, explicou Mauro Duarte.

A prisão do infrator ocorreu na casa da mãe dele, localizada na Avenida Ceará, bairro Urucu, em Coari. Márcio foi conduzido à delegacia e autuado em flagrante por receptação. O delegado Mauro Duarte arbitrou ao infrator fiança no valor de 20 salários-mínimos, totalizando R$ 17,6 mil. Mediante pagamento estipulado pelo delegado, o vereador poderá responder pelo crime em liberdade. Caso contrário, ficará preso, à disposição da Justiça.

FOTOS: Divulgação / Assessoria de Imprensa da PC-AM