Em cumprimento a Lei, presidente da CMM repõe perdas salarias dos servidores com reajuste de 6,33%

Wilker-Barreto

Os funcionários efetivos da Câmara Municipal de Manaus (CMM) terão reposição salarial de 6,33% a contar de 1º de janeiro deste ano. Ato Presidencial (nº 057/2015) assinado pelo presidente Wilker Barreto (PHS) no dia 5 de janeiro foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do Legislativo Municipal, no último dia 9.

O índice do reajuste salarial é uma recomposição das perdas do poder aquisitivo referente ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado nos últimos 12 meses.

O Ato Presidencial atende a necessidade de recompor os salários dos 370 servidores efetivos do Poder Legislativo Municipal, em cumprimento ao Artigo 30 da Lei nº 169, de 13 de dezembro de 2005, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos. O último reajuste dado aos servidores foi em janeiro de 2014, ainda na administração do vereador Bosco Saraiva, quando o INPC foi corrigido em 5,58%, referente ao acumulado nos últimos 12 meses do ano de 2013.

A Diretoria de Administração da CMM informou que com o reajuste, o impacto na folha de pagamento será de R$ 185 mil/ano. “Esse reajuste é um direito do servidor que é concedido anualmente e está previsto em lei”, destacou o diretor administrativo da CMM, Rubenilson Massulo.