Em depoimento à PF, ex-secretário de Saúde implica governador diretamente na compra de “respiradores” superfaturados

blank

Foto: Semcom

O ex-secretário de Saúde do governo de Wilson Lima, Rodrigo Tobias, implicou diretamente o governador na compra de ventiladores pulmonares em uma loja de vinhos, com superfaturamento de preços de 133,67%, segundo as investigações da Polícia Federal. (ver depoimento no final da matéria).

No depoimento, ao qual o Radar teve acesso, Rodrigo Tobias, diz que recebeu ordem do próprio governador Wilson Lima para tratar da compra desses ventiladores pulmonares com empresário de nome “Alencar”, que depois ele veio a saber se tratar do capitão PM reformado Gutemberg Leão Alencar.

Alencar é apontado tanto nas investigações da Polícia Federal (PF) quanto no processo que tramita do Superior Tribunal de Justiça (STJ) como o operador do esquema da compra superfaturada de respiradores a mando do governador Wilson Lima.

“No dia 03 de abril à noite, o declarante (Rodrigo Tobias) se encontrou com o governador Wilson Lima no aeroporto para recebimento de uma carga de respiradores (vindos do Rio de Janeiro pelo avião da FAB) e nessa ocasião o governador insistiu que o declarante se encontrasse com pessoa de nome Alencar”, diz o ex-secretário em seu depoimento.

Rodrigo Tobias conta que, no dia seguinte, dia 4 de abril, num sábado, já se reuniu com Gutemberg Alencar, em seu gabinete na Secretaria de Saúde do Estado (Susam agora SES). “Encontrou pela primeira vez com Alencar em seu gabinete, na presença do secretário executivo (Susam), João Paulo e da Alcineide (responsável pelo setor de compras)”, diz o ex-secretário em seu depoimento.

Neste momento, o ex-secretário coloca o governador no centro da intermediação da compra superfaturada de ventiladores pulmonares ao contar que Alencar teria se apresentado como “indicado pelo próprio governador para orientar o governo sobre onde haveria a disponibilidade de respiradores para aquisição”.

Nesse momento da reunião, segundo está no depoimento, mesmo sem dizer diretamente, o ex-secretário parece ter duvidado da ligação tão próxima de Alencar com o governador, já que ele (Rodrigo Tobias) diz ter ligado para Wilson Lima. “Durante a reunião ligou para o governador Wilson Lima para informá-lo que a reunião com Alencar estava ocorrendo naquele momento, ligação realizada na presença de Alencar, João Paulo e Alcineide”, disse Rodrigo Tobias.

Outro fato citado pelo ex-secretário mostra uma estranha participação do governo de Wilson Lima na vinda de São Paulo para Manaus dos ventiladores, depois comprados pelo Estado. Ao invés da empresa que vendeu os respiradores para o Estado tratar de trazer esses equipamentos para Manaus, Rodrigo Tobias conta que foi o próprio governo que trouxe. “Que os respiradores da Sonoar chegaram em Manaus através de avião do Governo do Estado. Que os respiradores da Sonoar vieram de São Paulo. Que a ordem pra trazer os respiradores até Manaus partiu do próprio governo, não sabendo atribuir a ordem de que pessoa específica”, depõe o ex-secretário.

Veja trechos do depoimento de Rodrigo Tobias