Em depoimento ao MPE, Gilberto de Deus confirma todas as denúncias de corrupção em projetos de engenharia e obras do Governo

de deus e fabioO ex-secretário de Infraestrutura do Estado, Gilberto Alves de Deus, compareceu à sede do Ministério Público do Estado (MPE-AM), na manhã desta segunda-feira (09), para prestar depoimento em relação as denúncias que fez à imprensa sobre desvio de recursos públicos nos contratos de projetos de engenharia e obras do Governo do professor Melo.

O depoimento, que durou quase duas horas, foi prestado a porta fechadas para o procurador-geral de Justiça do Estado, promotor Fábio Monteiro. Não foi permitida a entrada da imprensa, mesmo que fosse apenas a realização de imagens.

De acordo com o procurador-geral de Justiça, o ex-secretário da Seinfra disponibilizou para o MPE um cd contendo documentos, planilhas e dados que comprovariam irregularidades em contratos de projetos e obras da Seinfra. Gilberto se colocou à disposição do MP-AM para esclarecimentos futuros. Gilberto disse que, ao chegar na secretaria, constatou irregularidades e por isso decidiu deixar o governo e denunciar o que encontrou de errado para as autoridades competentes.

Segundo o Procurador, ele vai encaminhar o caso para o Gaeco- Grupo de Atuação Especial Regional para Prevenção e Repressão ao Crime Organizado. O inquérito pode durar entre 90 e 120 dias, mas de acordo com Fábio Monteiro, até o início de dezembro o MPE já deve ter informações mais concretas sobre o caso.

O Ministério Público do Amazonas vai realizar diligências com peritos nos locais das obras em questão. Também vai haver cruzamentos de dados entre documentos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do Governo do Estado sobre as obras, e contratos que foram denunciados pelo ex-Secretário da Seinfra.