Em encontro sobre saúde, Braga diz que dinheiro tem, só falta vontade

O senador Eduardo Braga (PMDB/AM) reiterou, nesta segunda-feira (29/05), sua disposição para socorrer a saúde do interior do Amazonas. Segundo ele, há recursos para enfrentar os vários problemas da saúde no interior, como por exemplo equipamentos quebrados nos hospitais de Tapauá e Beruri, o que falta é vontade política.

“Isso tem recurso para resolver e tem como ser resolvido. O que não pode acontecer é ficar do jeito que está acontecendo. Quero me colocar à disposição do Conselho Estadual e dos secretários municipais de saúde. Sou um aliado de vocês e quero ajudá-los a tirar a saúde do Amazonas da UTI”, disse o parlamentar em evento promovido pelo Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (Cosems-AM) na capital amazonense.

A prefeitos, secretários municipais e gestores de saúde, Eduardo Braga comparou o estado a um doente que requer imediato e eficiente atendimento. “Nós estamos com o Amazonas na UTI. Hoje, o Amazonas é um paciente grave, que está precisando de um tratamento intensivo para sair de uma situação muito difícil”, afirmou.

Ele ainda criticou o processo de municipalização das unidades hospitalares do interior. Na avaliação dele, compete ao Estado garantir parte do serviço de atendimento. “Não é justo que transfiram todos os problemas e demandas para os municípios e os abandone”, declarou. “Os municípios precisam da ajuda do Estado, pois não têm recursos suficientes para fazer frente a tantos problemas”, completou o parlamentar.

Objetivos

Segundo o presidente do Cosems-AM, Januário Neto, um dos objetivos do fórum é orientar os prefeitos sobre o processo de municipalização das unidades hospitalares do interior, responsabilidades federativas, custos reais, acesso, distância, bem como discutir o real fator amazônico de saúde.

Foto: Ney Xavier

Assessoria de imprensa