Em Humaitá, pedreiro é preso após assassinar homem com tiros de espingarda

pedreiro 1A Polícia Civil do Amazonas, por ação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município de Humaitá, distante 590 quilômetros em linha reta de Manaus, prendeu o pedreiro Djomar da Silva Santos, 51, por volta das 17h, de terça-feira (15). O homem é apontado como autor da morte de Moacir Ferreira de Souza, ocorrido por volta das 3h na madrugada do mesmo dia, no ramal Quatro Olhos, quilômetro 106, na BR 119, na Zona Rural do município.

De acordo com o Delegado Titular, Marcus Rezende, o crime ocorreu após uma suposta discussão entre os dois. “Eles já tinham divergências e na madrugada de hoje (terça-feira), depois de terem ido jantar e ingerir bebida alcoólica, iniciaram uma briga, que culminou na morte de Moacir”, informou o Delegado.

O pedreiro foi preso quando chegava à residência dele, localizada na comunidade de Assuanópolis, que fica situada entre o município de Humaitá e Canutama. Em depoimento, o homem confessou o crime e disse que efetuou dois tiros de espingarda para matar a vítima.

Moacir foi flagranteado por homicídio (Art. 121 do Código Penal Brasileiro) e deve ficar preso na Delegacia do município, aguardando decisão da justiça.

pedreiro 2