Em Humaitá, polícia prende rapaz que estuprou mulher, matou a facadas e tocou fogo na casa dela

Humaitá estupradorJoazio dos Santos Pereira, de 18 anos, foi preso por policiais da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Humaitá, município distante 590 quilômetros em linha reta de Manaus, na madrugada desta terça-feira, dia 8, por volta das 3h30.

O rapaz, preso em cumprimento a mandado de prisão expedido pelo juiz da Vara Única de Apuí, é investigado pelo estupro seguido de morte de uma mulher de 40 anos, ocorrido na noite de domingo, dia 6 de setembro, naquela localidade.

De acordo com o delegado titular de Humaitá, Marcus Rezende, na noite de ontem o delegado Francisco Rocha, titular da 71ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Apuí, o teria comunicado sobre o crime e informou que apesar de ainda não existir uma linha de investigação, Joazio e parentes dele estavam indo embora para Porto Velho (RO), sem qualquer motivo aparente.

“Fui até a balsa aguardar o ônibus que vinha de Apuí e o acompanhei até a rodoviária. Lá abordamos a família, que foi conduzida à DEP. Em depoimento a mãe de Joazio confessou que o filho tinha cometido o crime e, por conta disso, eles haviam decidido deixar a cidade. O rapaz também confirmou o estupro”, relatou o delegado Marcus Rezende.

A autoridade policial informou, ainda, que na noite do crime, Joazio e a vítima teriam se conhecido melhor em uma festa de rodeio que acontecia em Apuí, na noite do dia 6. Após o evento eles foram para a casa da vítima. Depois do estupro, o rapaz a esfaqueou e depois ateou fogo na casa dela.

Ao término dos procedimentos na unidade policial, o infrator será encaminhado ao município de Apuí, onde permanecerá preso, à disposição da Justiça.