Anúncio Advertisement

Em Itacoatiara, policiais prendem 7 pessoas da “família do tráfico”

ELIZANDRA

 A operação Jauary deflagrada em Itacoatiara para combater o tráfico de drogas naquele município prendeu sete pessoas de uma mesma família. A operação foi realizada, nesta sexta-feira (2), por policiais civis da equipe Coruja, da Delegacia Interativa de Itacoatiara (DIP), cidade distante aproximadamente 176 km em linha reta de Manaus, coordenados pelo Delegado Lázaro Santiago, com o apoio do 2º Batalhão da Polícia Militar.

Sete pessoas foram presas em cumprimento a mandados de prisão expedidos no último dia 1º de agosto pelo juiz da 3ª Vara Cível e Criminal de Itacoatiara, Odílio Pereira Costa Neto. Uma adolescente de 15 anos que está grávida foi apreendida.

Os infratores estavam sendo investigados há três meses, após denúncia feita diretamente na DIP, informando que em uma casa localizada no bairro Jauary, uma família comandava o tráfico de drogas que abastecia vários pontos de vendas de entorpecentes naquele município.

No último dia 19 de julho, Bruno Monteiro Lemos, que não teve a idade informada, foi preso em via pública no bairro Tiradentes, por policiais militares que faziam patrulhamento de rotina naquele local. Com ele foram apreendidas nove trouxinhas de pasta base de cocaína. Bruno foi identificado pelos investigadores como sendo o chefe do tráfico no bairro Jauary.

No dia 25 de julho, Menara Pinho Leite, 25, foi presa, apontada como sendo a responsável por guardar os entorpecentes e fazer parte da quadrilha de Bruno. Na residência dela foram encontrados três quilos de cocaína pura.

Nesta quinta-feira (2) os outros integrantes da quadrilha foram presos. São eles: Carlos André Monteiro Lemos, 21, Janderson Barroso da Silva, 28, conhecido como Jandeco, João Paulo Silva Souza, 24, Ronei Silva Nobre, 24, conhecido como Buiú, Israel Queiroz, 18, Michela Marques, 20, que está grávida e Izabel Araújo, 33.

Cada pessoa dentro da quadrilha tinha uma função específica, segundo o Delegado Lázaro Santiago. Bruno delegava funções. Carlos era o responsável pela distribuição das drogas e abastecimento de pontos de venda de entorpecentes. Mara, que é irmã de Carlos, era responsável pela parte financeira. Michela e a tia dela, Isabel, exerciam a função de gerentes do tráfico. Algumas pessoas da vizinhança também faziam parte do esquema de venda e preparo dos entorpecentes, frisou.

As investigações devem continuar para prender outras pessoas possivelmente envolvidas no esquema.Na Delegacia Interativa, Carlos, Janderson, João Paulo, Ronei, Israel, Michela e Izabel foram autuados por tráfico de drogas (Art. 33 da Lei 11.343/06), associação para o tráfico (Art. 35 da Lei 11.343/06) e corrupção de menor (Art. 218 da Lei 2848/40).

Todos foram encaminhados para a Unidade Prisional de Itacoatiara, onde devem ficar presos à disposição da Justiça. A adolescente apreendida deve ficar sob a responsabilidade dos pais e posteriormente cumprir medidas socioeducativas, que serão estabelecidas pela Justiça.