Anúncio Advertisement

Em jogo com ‘voadora’ de Müller, Bayern e Ajax empatam na Holanda

Já classificados para as oitavas de final da Liga dos Campeões, Ajax e Bayern de Munique entraram em campo nesta quarta-feira disputando apenas a primeira colocação do Grupo E. Mas, apesar da pouca expectativa para o duelo, os dois times fizeram duelo pegado, num empate por 3 a 3, em Amsterdã, que teve duas viradas no placar, duas expulsões e uma “voadora” de Thomas Müller.

A igualdade beneficiou o time alemão, que terminou na primeira colocação da chave, com 14 pontos, contra 12 do Ajax. O Benfica, que já havia garantido a terceira posição e a consequente vaga na Liga Europa, derrotou o AEK Atenas por 1 a 0, em Lisboa. Os portugueses encerraram sua participação na fase de grupos com sete pontos. O AEK não pontuou.

Com o brasileiro David Neres entre os titulares, o Ajax produziu pouco no primeiro tempo e praticamente só assistiu ao Bayern tentando se impor em campo. A primeira boa chance de gol surgiu aos 11 minutos, quando Gnabry arrancou pelo meio, após erro na saída da defesa, e acertou forte chute. Andre Onana fez grande defesa.

Apenas um minuto depois, o mesmo Gnabry deu belo passe curto para Lewandowski que, quase na pequena área, só teve o trabalho de bater para as redes. Ainda na etapa inicial, o Bayern perdeu duas boas chances, em sequência, aos 26. Lewandowski e Kimmich foram os responsáveis por desperdiçarem as oportunidades.

No segundo tempo, o Ajax buscou o primeiro empate do placar aos 16 minutos. Após boa troca de passes pela direita, Donny van de Beek cruzou rasteiro na área e Tadic só completou para o gol. Seis minutos depois, Maximilian Woeber foi expulso direto e deixou os anfitriões com um a menos em campo.

Mas a desvantagem numérica do Ajax durou apenas oito minutos. Num lance pouco usual, Thomas Müller tentou buscar a bola no alto com o pé e acabou acertando uma “voadora” na cabeça do lateral argentino Nicolas Tagliafico, que precisou de atendimento médico em campo aos 29.

A primeira virada no marcador veio aos 35, com uma ajuda do zagueiro Boateng. O jogador do Bayern fez falta boba em Kasper Dolberg e o árbitro anotou o pênalti. Tadic converteu a cobrança.

O jogo, então, passou a ganhar um ritmo forte. E, cinco minutos depois, foi a vez do Bayern ter uma penalidade a seu favor. Lewandowski bateu no canto direito do goleiro e decretou o empate, em seu segundo gol na partida.

O duelo parecia definido. Até que, aos 44, Comán recebeu pela esquerda, sem marcação, teve e tempo suficiente para ajeitar a bola e bater colocado, dando poucas chances ao goleiro Andre Onana.

Diante dos acréscimos, em razão da lesão sofrida por Tagliafico na “voadora” de Müller, o Ajax aproveitou e cravou o empate aos 49. De volta ao jogo, o próprio argentino mandou para as redes, numa dividida com a zaga na pequena área.

Pouco antes do apito final, o árbitro quase paralisou o jogo ao registrar objetos sendo lançados no gramado perto dos jogadores do Bayern. O Ajax poderá sofrer punição na fase de mata-mata em razão do episódio.

Em Lisboa, o Benfica anotou o único gol da vitória sobre o AEK Atenas. Alex Grimaldo balançou as redes somente aos 43 minutos do segundo tempo. Nos instantes finais da partida, Konstantinos Galanopoulos foi expulso de campo e o time grego terminou o duelo com dez jogadores em campo.

Fonte: Notícias ao Minuto