Em Manaus, novos membros da Concultura são escolhidos após votação

Em 2021, a eleição da Concultura teve números recordes de 1.188 eleitores e 39 candidatos inscritos

concultura eleição manaus

Foto Marinho Ramos/Semcom

A Comissão Eleitoral do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), da Prefeitura de Manaus, realizou nessa quinta-feira (2) a eleição para o biênio 2021/2023, em que foram escolhidos os oito conselheiros titulares e seus suplentes, no Palácio Rio Branco, Centro Histórico de Manaus.

Em 2021, o pleito teve números recordes de 1.188 eleitores e 39 candidatos inscritos. Os eleitos como titulares e suplentes nos segmentos artísticos foram: artes visuais (eleito com 46 votos, Dudson Campos Carvalho, e na suplência, com 34 votos, Selma Carvalho Zanirato Maia); audiovisual (eleito com 27 votos, Alan Gomes Freitas, e como suplente, Iziz Negreiros de Souza); cultura étnica (eleito com 38 votos, Ludimar Gomes Gonçalves, e suplente, com 7 votos, Helderli Fideliz C. de S.L. Alves); cultura popular (eleita com 124 votos, Mônica Marques da Silva, e na suplência, com 10 votos, Marlúcia dos Santos Silva); dança (eleito com 36 votos, Ricardo da Silva Moldes, e na suplência com 29 votos, Iris da Silva Almeida); literatura (eleito com 27 votos, Dorival Querino de Carvalho, e suplente com 9 votos, Luiz Gonzaga Lauschner); música (eleito com 132 votos, Aldemir Frank B.F. Botelho, e suplente com 127 votos, Janderley Souza de Andrade); teatro e circo (eleito com 63 votos, Madirson Francisco Souza, e na suplência, com 28 votos, Anilton Clei Lima dos Santos).

O resultado foi divulgado logo após a apuração pelas redes sociais do Concultura, no Facebook e Instagram: facebook/conculturamao e @conculturamao, e será publicado na edição do Diário Oficial do Município (DOM), desta sexta-feira (3). Os recursos deverão ser apresentados em até três dias úteis, a contar da publicação, e devem ser enviados para o e-mail: planejamento.concultura@gmail.com.

Um grande contingente de eleitores compareceu pela parte da manhã, confirmando a disputa concorrida que se anunciou nas inscrições. A comissão eleitoral organizou filas e separou uma sala com as janelas abertas para abrigar os eleitores, atendendo os protocolos de segurança sanitária, contra a Covid-19.

O presidente do Concultura, Tenório Telles, esteve presente recepcionando eleitores e candidatos, e destacou que o Conselho de Cultura encaminhou o processo de escolha dos conselheiros de forma democrática e com transparência. Ele ressaltou a lisura do início ao fim do processo de apuração sem qualquer protesto pelos presentes.

“A eleição valoriza os segmentos artísticos para que os mesmos estejam representados por conselheiros identificados com os seus setores artísticos e possam contribuir com o fomento da produção cultural em Manaus”, disse Telles.

Para o vice-presidente do Concultura, Neilo Batista, e presidente da Comissão Eleitoral, o pleito ocorreu dentro do esperado, com a participação maciça dos eleitores, sem contratempos.

“Escritores consagrados e artistas renomados de dança, teatro e música estiveram presentes, fazendo questão de participar do processo democrático”, destacou Neilo, se referindo às presenças dos escritores Elson Farias, Marcos Frederico Krüger, Leyla Leong, Aldisio Filgueiras, das artistas Rosa Malagueta e Ednelza Sahdo, e do cantor e compositor Cileno.

(*) Com informações da Assessoria