Anúncio

Em meio a onda de frio, Trump diz que aquecimento global seria bom

O final de semana e o feriado de Ano Novo devem ser congelantes no norte dos Estados Unidos e no Canadá, depois de as temperaturas baterem recordes negativos nessa quinta-feira (28).

Diante da onda de frio, o presidente dos EUA, Donald Trump, disse em rede social que seria bom se houvesse aquecimento global. “No leste [dos EUA], pode ser o Ano Novo MAIS FRIO já registrado. Talvez a gente pudesse ter um pouco daquele velho aquecimento global que nosso país, mas não os outros, ia gastar TRILHÕES DE DÓLARES para impedir. Se agasalhem!”, escreveu ele.

Desde sua campanha presidencial, Trump vem fazendo declarações mostrando que não crê que a ação humana esteja levando ao aquecimento global. Como presidente, ele vem tomando medidas que vão na contramão do combate à mudança climática, como anunciar que os EUA vão abandonar o Acordo de Paris sobre o clima.

Autoridades estão alertando os moradores das regiões mais afetadas, o Nordeste e Meio-Oeste dos EUA, que tomem cuidado com a possibilidade de hipotermia e de congelamento de membros. Na quinta (28), chegou a fazer -35°C em Watertown, no Estado de Nova York; a temperatura subiu para -7°C na manhã de sexta (29).

E o frio deve continuar neste final de semana. Em Nova York, onde acontece a famosa festa na Times Square, a previsão é de que a temperatura fique entre -11°C e -7°C na noite de Réveillon. Em Minneapolis, a temperatura não deve passar de -18°C no final de semana.

Também há previsão de mais de um metro de neve no Estado de Washington e no norte das Montanhas Rochosas nos próximos dias.

Com informações da Folhapress/Notícias ao Minuto