Em meio à pandemia, prefeito de Anori pretende gastar R$ 2,1 milhões com empresa de eventos 

blank

Foto: Reprodução

Na contramão da recomendação do Ministério da Saúde de suspender eventos a fim de evitar aglomerações para impedir o avanço do novo coronavírus, o prefeito do município de Anori (a 194.31 km de Manaus), Jamilson Ribeiro Carvalho (MDB), pretende contratar uma empresa especializada em organização de festas pelo montante de R$ 2,1 milhões.

Sem especificar quantos e quais eventos devem ser realizados na cidade, o prefeito pretende contratar a empresa chamada Alpha Produções de Eventos, conforme consta na publicação, para realizar serviços de ‘organização, iluminação e sonorização para festas e eventos do município de Anori/AM’.

Para o serviço, Jamilson vai desembolsar o valor total de R$ 2.167.700,00 dos cofres públicos. A informação consta no Diário Oficial dos Municípios do Amazonas, na edição dessa quarta-feira (25). (ver documento no final da matéria)

Outro nome

Ao consultar no site da Receita Federal o CNPJ nº 10.764.346/0001-10 informado no documento, a reportagem constatou que a empresa possui outro nome: HG Service. Ou seja, um nome que nada tem a ver com o informado na publicação do Diário Oficial.

Conforme a Receita Federal, a empresa possui como principal atividade econômica o serviço de organização de feiras, congressos, exposições e festas. Além disso, seus donos são Graciane Mendonça Silva, Laina da Silva e Silva, além de Marco Antônio Ferreira Costa. (ver documento no final da matéria)

Resposta

Procurado pelo Radar, o prefeito Jamilson Ribeiro informou por telefone, que o processo de licitação foi feito desde o início do ano e que isso não significa que será realizada alguma festa neste período. “Os processos estão em andamento desde o início do ano. Eu não pretendo e nem vou fazer festa. Inclusive a festa da cidade é só em dezembro. Não posso cancelar uma homologação que já está em andamento”, afirmou o prefeito.

E em relação as incongruências entre o que é informado no documento e o que é informado no site da Receita Federal, o gestor municipal informou apenas que a empresa mudou seu nome.

A reportagem não conseguiu contato com a empresa de eventos.

Confira o documento na íntegra

blank

CNPJ da empresa