Em menos de um mês, UBS é invadida duas vezes por criminosos em Manaus

Na madrugada dessa segunda-feira (10), a Unidade Básica de Saúde (UBS) Leonor Brilhante, na zona Leste da cidade, foi novamente alvo de criminosos que furtaram equipamentos da unidade municipal. No último dia 20 de agosto, um homem armado com faca entrou no consultório de ginecologia, onde duas técnicas arrumavam a sala para atendimento, e ameaçou as servidoras, levando seus pertences.

Desta vez, os ladrões levaram dois condensadores dos aparelhos de ar condicionado, que ficavam na sala de coleta para exames laboratoriais e na sala da administração. Os criminosos também danificaram a parte elétrica, deixando o último bloco sem energia durante parte da manhã.

Segundo a Prefeitura de Manaus, os atendimentos não chegaram a ser suspensos. O Departamento de Administração e Infraestrutura da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) providenciou os reparos necessários e a gerência do Distrito de Saúde Leste registrou a ocorrência no Distrito Policial e aguarda as investigações.

Parque é alvo de bandidos pela quarta vez

E pela quarta vez, somente este ano, o Parque Municipal Lagoa Senador Arthur Virgílio Filho, gerido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), na zona Sul, foi alvo da ação de bandidos, que voltaram a praticar furtos na fiação elétrica do logradouro, também nessa segunda, 10.

A ação comprometeu o fornecimento de energia para o prédio da administração e a iluminação da pista de caminhada do local. Os ladrões entraram, possivelmente, de madrugada, quebraram as grades das muretas dos quadros de distribuição e caixas de passagens para poder furtar a fiação. O parque está funcionando, normalmente, durante o dia. Porém, durante a noite será feita uma avaliação das áreas afetadas.

Críticas

Os constantes assaltos aos serviços municipais são duramente criticados pelo Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. Por conta da insegurança, muitos servidores ficam com receio de ir trabalhar nas unidades, o que prejudica o atendimento à população.

Em um vídeo divulgado na semana passada, em sua rede social, o prefeito afirmou que a capital teve mais um dia tenso e violento ao denunciar um assalto a doze pessoas, entre pacientes e servidores, em uma Unidade Móvel de Atendimento Carreta da Mulher, no parque São Pedro, bairro Tarumã e uma ação de bandidos no bairro da União, que foi atribuída por ele, “a brigas entre facções de traficantes de drogas”.