Em Parintins, hospital de referência para Covid-19 atinge ocupação máxima de leitos

Foto: Reprodução

Em coletiva de imprensa concedida na noite desta quinta-feira (14), o prefeito de Parintins, Bi Garcia (DEM) informou que o hospital Jofre Cohen atingiu a capacidade máxima de leitos. A unidade hospitalar atua exclusivamente para atendimento de pacientes com Covid-19 desde o dia 9 de janeiro deste ano.

Bi informou, ainda, que o estoque de oxigênio do hospital está próximo do fim. Empresários locais estão se mobilizando para adquirir 24 cilindros que devem ser doados ao Jofren Cohen, após um tanque de oxigênio que iria para Parintins ser roubado em Manaus.

“Vamos fazer uma operação de guerra para que a gente traga esse oxigênio aqui para o Jofre Cohen. Com isso a gente ganha seis horas de abastecimento e vamos passar o dia todo de amanhã negociando para comprar mais oxigênio. Se for preciso fretar aeronaves grandes para trazer mais oxigênio a Parintins, vamos trazer até a chegada de uma nova usina que estamos comprando”, garantiu Bi Garcia, acrescentando que estaria negociando a compra de 45 balas de oxigênio.

A nova usina será instalada no Jofre Cohen com capacidade de produção seis vezes maior que a existente. A unidade vai contar com apoio do hospital Padre Colombo, para dar suporte à demanda durante a pandemia. Pacientes com menor gravidade serão transferidos para o hospital da Diocese de Parintins.