Em Rio Preto da Eva, Arthur Virgílio destaca avanços e relembra conquistas

Entre uma conversa e outra, Virgílio disse de sua grande alegria em poder retornar às suas caminhadas pelo interior do Estado

Foto: Divulgação

Pré-candidato ao Senado pelo PSDB, Arthur Virgílio Neto, esteve nesse sábado (23), no município de Rio Preto da Eva (a 80 quilômetros de Manaus) para o encontro com mais de 100 lideranças comunitárias e destacou os avanços do município.

Recebido com grande entusiasmo, entre uma conversa e outra, Virgílio disse de sua grande alegria em poder retornar às suas caminhadas pelo interior do Estado, que foram interrompidas durante o período em que esteve como prefeito de Manaus.

“Fiquei muito surpreso, porque o café parou para me receber. Teve até uma garotinha que falou que eu era pop”, brincou o pré-candidato. “E eu quero dizer que pop é o povo de Rio Preto da Eva. Esse povo merece o melhor”, completou Arthur.

Caminhando, Arthur fez questão de parar e conversar com as pessoas e revisitando obras importantes, que foram viabilizadas por meio de recursos destinados por ele enquanto esteve no Congresso Nacional.

“A rodoviária, por exemplo, leva o nome do meu pai, o eterno senador Arthur Virgílio Filho. Foi uma homenagem que o prefeito da época resolveu fazer. Além da rodoviária, temos a feira, vários ramais, a tradicional orla e o balneário do Rio Preto da Eva, tudo realizado a partir de recursos que mandei ao município. Foram muitas conquistas”, lembrou Arthur.

Um dos líderes locais, que fez o convite a Arthur Neto para visitar a comunidade, foi Altemir Barroso. Ele falou sobre as preocupações com o futuro econômico do Estado. “O Amazonas está sem representatividade em Brasília, prova é a sucessão de decretos contra a Zona Franca de Manaus. Se está ruim para os trabalhadores da capital, imagine no interior. Nosso pleito é justamente esse, que se lute pelos empregos e por mais oportunidade para os amazonenses”, defendeu.

Roberval Santana, outra liderança local, listou alguns problemas enfrentados pela comunidade: falta de infraestrutura viária, iluminação pública e muito desemprego, sem falar na zona rural, apontou ele, destacando que a maior produção do município é a laranja, mas o escoamento precário prejudica a economia.

“Aqui é um lugar onde deve ser feito muito investimento em infraestrutura nos ramais, para que haja saída para a grande capacidade de produção”, concordou Arthur Virgílio Neto. Ele evidenciou também a enorme potencialidade turística de Rio Preto da Eva.

Morador da comunidade, Paulo Bráulio Pinto disse que acompanha a vida política de Arthur Neto há muito tempo. “É um político de respeito, de muita liderança. Foi assim como deputado federal, como senador, como prefeito. Ele tem liderança e luta pelo Brasil e, principalmente, pelo Amazonas”, afirmou orgulhoso.