Em tom de “num tô nem aí”, prefeito fala da saída de aliados do seu grupo político (ver vídeo)

Durante coletiva nessa segunda-feira (6), além de anunciar as ações do Plano de Intensificação de Controle da Malária em Manaus neste ano, o prefeito Arthur Virgílio Neto, falou sobre a saída do seu grupo político para as hoste de Amazonino Mendes do presidente da Câmara Municipal de Manaus, Wilker Barreto, e junto com ele o seu partido, o PHS, assim como a possibilidade do vice prefeito Marcos Rotta assumir uma secretaria do Governo do Estado.

Em tom de ironia, Arthur minimizou a importância da saída de Wilker Barreto dizendo que “o que mais tem nessa eleição é candidato a vereador” e sobre Marcos Rotta disparou que “ele tem que saber esperar”.