Emissão da primeira CNH poderá ser feito em autoescolas

O Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), informou que a partir desta semana, o processo para retirada da primeira CNH (Carteira Nacional de Habilitação) estará disponível em 40 autoescolas de Manaus cadastradas pelo órgão. Além disso, os motoristas também poderão pedir a mudança de categoria da habilitação diretamente nos centros de formação. A novidade é parte de um acordo de cooperação firmado, em agosto, entre o órgão de controle e as empresas.

Agora, os agendamentos ocorrerão nas próprias autoescolas em que os candidatos a motoristas vão se capacitar. As autoescolas também serão responsáveis pela entrega da CNH para os habilitados. Por enquanto, somente as empresas da capital poderão fazer o serviço, mas a expectativa é expandir o benefício, gradativamente, para o interior do Estado.

Interessados na retirada da CNH deverão ir à autoescola cadastrada, dar entrada e emitir o boleto. Precisará comparecer ao Detran somente para fazer fotografia e realizar as provas. Os pagamentos podem ser feitos no Banco Bradesco. Como a medida está em período de adequação, algumas empresas ainda estão se organizando para oferecer a novidade.

Para o Detran-AM, esse sistema vai ajudar a diminuir o tempo de conclusão para a retirada da habilitação. A maior parte do serviço será concentrada nas autoescolas. Os condutores poderão fazer todo o agendamento referente aos testes e aulas diretamente nos centros de formação. Os estabelecimentos vão reunir as informações, coletar documentos e inserir os dados no sistema do órgão.

Para a segurança do procedimento, medidas de rewalls foram adotadas no sistema de segurança do Detran-AM para evitar que haja fraude na emissão dos documentos. Todas as autoescolas são monitoradas pela Prodam (Empresa Processamento de Dados do Amazonas S/A). A biometria também ajuda na questão da segurança, pois a cha do usuário é feita online e só com o cadastro biométrico poderá fazer a prova.

A novidade tem o objetivo de facilitar a vida do condutor, que poderá gastar menos com transporte para o deslocamento e também resolver o processo em um único local. Mesmo assim, os usuários poderão continuar indo ao Detran-AM para os procedimentos.

Com informações da assessoria do Detran-AM