Emissário da família Aziz estaria oferecendo dinheiro para mídia atacar Arthur Neto usando o “Caso Flávio”

Uma mensagem de WhatsApp enviada a um blogueiro da cidade denuncia que um emissário ligado a esposa do senador Omar Aziz (PSD) estaria oferecendo dinheiro para que blogs e portais da cidade usassem o “Caso Flávio” para atacarem o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB) e sua esposa Elizabeth Valeiko Ribeiro, mãe de Alejandro Valeiko.

O emissário não se dá sequer ao trabalho de esconder seu nome e a quem ele é ligado. Seu perfil de WhatsApp está em nome de “Itauna Bastos – Nejmi”, como dá pra ver no print no final da matéria.

Ele diz na mensagem: “Tenho uma cota pra divulgação para teu portal, de R$ 4.500 (quatro mil e quinhentos reais) para divulgação do Caso Flávio (…) só vamos mandar o material e vc publica no seu portal. Aceita? (…) E também vamos passar uma série de matéria (sic)a respeito da última gestão municipal do ex-prefeito Arthur e de sua esposa, material substanciado e robusto pra você”.

 Apurando de quem se trata Itauna Bastos, encontramos seu nome na folha de pagamento da Corregedoria Geral do Estado, ou seja, ele funcionário do Governo de Wilson Lima.

Itauna Henrique Bastos Lima aparece nomeado no cargo de “subcontrolador de controle interno” (Assessor II). No lugar da “função “ diz “não informado” – pelo jeito nem eles sabem qual é a função do servidor – e para tal cargo, sem informar a função que ocupa na administração pública, Itauna Bastos ganha dos cofres públicos R$ 4.209,00 (quatro mil e duzentos reais) brutos.

Bom lembrar que essas práticas próprias de milícia digital têm sido muito usadas por determinados políticos. Delas não escapa sequer a família de quem é escolhido como adversário político.

O ex-prefeito e ex-senador Arthur Neto já havia revelado que ele e sua família estavam sofrendo perseguição política que estaria sendo arquitetada pelo senador Omar Aziz.

Arthur Virgílio Neto começou a ser atacado após surgirem especulações de sua possível candidatura, nas eleições do ano que vem, para disputar a única vaga para o Senado Federal, exatamente aquela ocupada pelo senador Omar Aziz.

Confira a folha de pagamento