Empreendedor lança projeto social que oferece aulas gratuitas para crianças

“O mais importante é que essas crianças, em idade tão importante de formação, não fiquem desamparadas", disse o empreendedor Janguiê Diniz

empreendedor projeto social

Foto: Divulgação

O empreendedor Janguiê Diniz, fundador do grupo ser Educacional e presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo, lançou um projeto social voltado para a Educação Infantil. A Minha Escolinha Online é uma plataforma educacional gratuita voltada para o reforço escolar de crianças de escolas públicas entre 2 e 8 anos de idade. O projeto já conta com mais de 800 videoaulas, além de jogos educacionais e sistema de gamificação.

A Minha Escolinha Online foi criada para combater a defasagem causada pela suspensão das atividades presenciais em escolas no Brasil durante a pandemia. Todo o conteúdo da plataforma, com atividades interativas e conteúdos diversificados, atendem às orientações e regulamentações do Ministério da Educação (MEC).

A ideia é oferecer às crianças e aos pais e responsáveis alternativas educacionais que compensem a ausência das escolas formais durante o período da pandemia, garantindo a segurança de todos. “Nossas crianças estão há muito tempo sem aulas presenciais, e muitas não conseguem acompanhar as aulas online. Na Minha Escolinha Online, além da plataforma com videoaulas que podem ser assistidas em qualquer lugar e a qualquer tempo, oferecemos atividades que podem ser impressas, facilitando os estudos”, disse o empreendedor.

“O mais importante é que essas crianças, em idade tão importante de formação, não fiquem desamparadas e possam recuperar o ‘tempo perdido’”, completa.

Pais que quiserem utilizar o material da Minha Escolinha Online como reforço para seus filhos podem acessar o site www.minhaescolinhaonline.com.br e fazer o cadastro gratuito. Além das videoaulas, os materiais de estudo podem ser baixados e impressos para que as crianças realizem as atividades como em uma sala de aula. Escolas que desejarem utilizar o conteúdo da plataforma em suas aulas também podem entrar em contato para adquirir.

(*) Com informações da Assessoria