Empresário é preso por vender bebidas alcoólicas falsificadas

bebiba adulterada 1O empresário Inácio Nogueira, 67 anos, foi preso nesta terça-feira (3), no bairro Alvorada 2, por adulteração de bebidas alcoólicas, durante operações da Polícia Civil do Amazonas, por meio do 18º Distrito Integrado de Polícia, com o apoio dos servidores do 10º DIP, numa ação coordenada pelos Delegados Ivo Martins e Paulo Benelli,

Após 15 dias de investigações, os Policiais Civis prenderam Inácio por volta das 13h, em uma distribuidora que pertence a ele, localizada na rua 10. O homem foi denunciado por um comerciante que mora no bairro Novo Israel, Zona Norte, que informou à polícia ter comprado produtos adulterados do suspeito, vendidos como originais. Nos fundos da distribuidora funcionava uma fábrica clandestina, onde eram feitas as falsificações das bebidas.

No lugar foram apreendidas 188 garrafas de bebidas alcoólicas, entre whiskies, vodkas, tequilas, vinhos e energéticos, uma máquina etiquetadora, originais e cópias de selos fiscais, que eram utilizados pelo suspeito no lacre das garrafas, além de R$ 9 mil em espécie.

“Iniciamos as investigações após a vítima ter nos procurado, alegando ter sido enganada. Inácio conseguia as garrafas originais e nos fundos da distribuidora adulterava os produtos. Ele também vendia os produtos pela Internet, em uma rede social”, frisou o Delegado Ivo Martins.

Ainda de acordo com Ivo Martins, no momento da abordagem policial Inácio ainda tentou subornar os investigadores da Polícia Civil, oferecendo R$ 3 mil em espécie para que não fosse preso.

No 18º DIP, Inácio foi autuado em flagrante por falsificação/adulteração de bebidas com teor de álcool (Artigo 272 do Código Penal – CP), falsificação/adulteração de selos fiscais (Artigo 333 do CP) e corrupção ativa (Artigo 7º da Lei nº 8.137/1990). O empresário será encaminhado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça.