Enchentes na Bahia: ao menos 10 estados enviaram ajuda para cidades atingidas por chuvas na Bahia

Michelle Matos/Ascom SEINFRA

Governadores de dez estados brasileiros anunciaram neste domingo (26) e no sábado (25) o envio de ajuda humana e material para os municípios atingidos por fortes chuvas nos últimos dias na região sul da Bahia. As tempestades provocaram prejuízos em 58 cidades, com pelo menos 18 pessoas mortas e milhares de desabrigados.

O governador em exercício de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), divulgou que autorizou o envio de uma força-tarefa para auxiliar as vítimas. “Ao todo, 36 profissionais do Corpo de Bombeiros e do Comando de Aviação da Polícia Militar seguirão para Ilhéus para atuarem em uma operação integrada com outras forças de segurança”, afirmou.

Segundo Garcia, ainda na noite de sábado seis profissionais partiram da Estação de Bombeiros no bairro do Belém (zona leste de São Paulo) em direção ao sul da Bahia levando um caminhão com cinco embarcações.

“Os outros 14 embarcam do [aeroporto] Campo de Marte, na zona norte da capital paulista, e 16 da cidade de Ribeirão Preto, às 7h deste domingo (26)”, informou o governo do estado, que também prometeu disponibilizar dois helicópteros e dois aviões.

Pelo Twitter, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), lamentou a situação na Bahia e disse que seu governo está “ajudando com equipes e equipamentos”. O petista, porém, não detalhou as ações.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), afirmou que o Corpo de Bombeiros do estado está “mobilizando-se para enviar equipe para a Bahia, a fim de auxiliar trabalho de apoio aos atingidos pelas fortes chuvas”.

Também pelas redes sociais, o governador Renato Casagrande (PSB), do Espírito Santo, anunciou que colocou o estado “à disposição para colaborar” com os trabalhos de resgate na Bahia. “Apoiaremos com viaturas, embarcações e efetivo especializado do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil”, disse.

“Minha solidariedade aos irmãos baianos diante da grave situação enfrentada”, declarou o governador do Ceará, Camilo Santana (PT). “Enviamos bombeiros e viaturas para auxiliar no apoio às vítimas. Também disponibilizamos uma aeronave em caso de necessidade”, acrescentou.

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), publicou em suas redes sociais uma mensagem de solidariedade aos baianos e garantiu que seu estado está enviando à Bahia “uma equipe com 20 bombeiros, mergulhadores, equipamentos e materiais de salvamento”.

Paulo Câmara (PSB), governador de Pernambuco, fez o anúncio de ajuda pelo Twitter: “Coloquei à disposição do governador Rui Costa o Corpo de Bombeiros Militares de Pernambuco e o Grupamento Tático Aéreo para auxiliar no atendimento aos desabrigados pelas inundações, no Sul da Bahia”.

Em nota, o governo do Rio Grande do Norte informou que enviou no domingo equipes de salvamento e resgate para a Bahia. “Na madrugada deste domingo, embarcaram 10 policiais do Ciopaer e 8 bombeiros; nosso helicóptero, 3 picapes e dois botes com motor para salvamento”, diz o comunicado.

Já o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), informou no Facebook que o governo enviou uma equipe composta por bombeiros e policiais para apoiar as ações na Bahia, a partir do Grupamento Aéreo da PM da Bahia (Graer) em Ilhéus, um dos municípios mais afetados pelas chuvas.

Além dos estados citados, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou no Twitter que também recebeu apoio do chefe do Executivo em Minas Gerais, Romeu Zema (Novo).