Anúncio

Enquanto PT-AM segue sem nome para o Senado, Praciano e Vanessa trocam farpas pelas redes sociais

Enquanto a Executiva Estadual do PT no Amazonas não anuncia o nome que apoiará à disputa ao Senado, o ex-deputado federal Francisco Praciano (PT) e a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) trocam farpas pelas redes sociais desde a última segunda-feira (6). Em um ‘post’ no Facebook, Praciano afirmou que a decisão sobre a sua candidatura está nas mãos da ‘colega’.

“Mesmo com toda a base do partido ao meu lado e pedindo pra me lançarem , não o fizeram, me excluíram devido a um pedido Nacional. Fui vetado e estou aguardando a decisão da Senadora Vanessa. Meu destino político está nas Mãos da Vanessa. Se ela quiser eu sou candidato! Decida, companheira! Membros da Nacional do PT me informaram que minha candidatura a Senado depende de tua decisão! Se a Vanessa sair a Senado estou fora. Se a Vanessa sair a Dep.Federal ainda vou negociar com o presidente do PT Sinésio, ou seja, com a Direção Estadual se posso ou não sair candidato a Senado”, escreveu Praciano.

Em resposta, a senadora Vanessa Grazziotin disse que está sendo pressionada a desistir da candidatura à reeleição, mas que continuará o diálogo com os partidos aliados. “Estou sofrendo uma pressão muito forte para desistir da minha candidatura à reeleição e estou, inclusive, vetada no Amazonas em uma aliança. Não querem a minha reeleição. Vou continuar o diálogo, porque não tenho que brigar. O objetivo é garantir a cadeira no Senado Federal”, disse a comunista em um vídeo postado nas redes sociais.

Historicamente PT e PCdoB são aliados, mas neste ano, no Amazonas, há um entrave na escolha do candidato ao Senado. Isto porque o PT-AM precisa indicar um nome ao Senado para compor a chapa “Pra mudar e resolver”, encabeçada pelo PSB que tem como candidato ao governo David Almeida (PSB). David já tem como candidato ao Senado o vereador Chico Preto (PMN) e diz não haver espaço para uma coligação com o PCdoB de Vanessa Grazziotin.

No PT no Amazonas, o nome cotado para a disputa é o do ex-deputado federal Francisco Praciano, mas o partido esbarra em uma aliança nacional firmada com o PCdoB na qual já há o compromisso de apoiar à reeleição de Vanessa Grazziotin.

Enquanto a indefinição paira no ar no PT-AM, o PT nacional publicou uma matéria jornalística na qual reafirma a aliança com o PCdoB. “São quase 30 anos de aliança política. Desde 1989, PT e PCdoB constroem juntos projetos políticos para o Brasil. Nas eleições deste ano não será diferente”.