Enquanto Wilson Lima gasta R$ 45 milhões com propaganda, Hospital Padre Colombro em Parintins continua fechado por causa de R$ 1 milhão

O Hospital Padre Colombo foi fechado em setembro de 2021 para reforma por causa de sérios problemas estruturais

hospital padre colombo

Foto: Divulgação/ Secom

O governador Wilson Lima (União Brasil) gastou mais de R$ 45 milhões com publicidade, apenas nos quatro primeiros meses deste ano, enquanto isso está faltando pouco mais de R$ 1 milhão para acabar a reforma do Hospital Padre Colombo, em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) que continua fechado para reforma desde o ano passado. A Diocese de Parintins, que administra o hospital, justificou a urgência  na reforma devido a sérios problemas estruturais que precisam ser resolvidos.

O fechamento do hospital Padre Colombro, há seis meses, tem causado superlotação de pacientes, falta de médicos e materiais hospitalares no hospital Jofre Cohen, unica unidade hospitalar da cidade

Hospital Padre Colombo fechou em setembro do ano passado e a reforma ainda não foi concluída porque, segundo a Diocese, faltam recursos de pouca mais de R$ 1 milhão.

Enquanto o Hospital Padre Colombo está com as portas fechadas, o governo Wilson Lima praticamente ‘esqueceu’ a unidade hospitalar e priorizou outros assuntos, como o pagamento à TV A Crítica para transmitir a live do Carnaval 2022, além do pagamento de R$ 350 mil ao site BNC para transmitir o Carnaboi e o programa ‘#Toadas’.

Em fevereiro deste ano, o deputado estadual e artista parintinense Tony Medeiros (PL) até disse que o hospital seria reaberto no final daquele mês, o que teria sido definido em reunião com a equipe do secretário de Saúde do Amazonas, Anoar Samad, mas ficou na promessa. Já nessa quarta-feira (27), durante pronunciamento na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Tony Medeiros também falou sobre os recursos necessários para o término da reforma, disse que repassará recursos de emendas parlamentares, mas em nenhum momento cobrou do governo do Estado uma solução para a reabertura imediata do Hospital Padre Colombro, quem sabe por ser mais um parlamentar que faz parte da base aliada do governo de Wilson Lima no Parlamento estadual

O advogado Juscelino Manso, que acompanha a situação do Hospital Padre Colombo, disse ao Radar Amazônico que a unidade hospitalar está passando por uma ampla reforma e a previsão que a reabertura do hospital deve acontecer antes do Festival Folclórico de Parintins 2022.

A reportagem tentou contato com a direção do Hospital Padre Colombo para solicitar uma resposta com relação aos trabalhos de reforma e reabertura da unidade de saúde. O Padre Mauro Romanello informou ao Radar Amazônico os planos visando a reabertura do hospital.

“O hospital vai reabrir com cirurgias eletivas e atendimento materno infantil. Nós retornaremos com um serviço muito melhor com o que era ofertado antes. Estamos finalizando a documentação que precisa ser refeita, isso é uma coisa que deve estar pronta nos próximos dias. Já estamos avançando com a Secretaria Estadual de Saúde para fechar um convênio com o SUS e atender a população”, disse.

SES-AM se pronuncia

Radar Amazônico questionou a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) a respeito da situação atual do Hospital Padre Colombo que está resultando na superlotação do Jofre Cohen. Em nota, a secretaria informou que aguarda a assinatura de convênio entre a Diocese e a SES para tratar assuntos técnicos e administrativos da unidade. Entretanto, a secretaria não informou um prazo para assinatura desse convênio e enquanto isso, Wilson Lima seguirá dando prioridade a outros assuntos.