Entre 513 deputados federais, pesquisa aponta Rotta como terceiro mais atuante; tem deputado amazonense abaixo de zero

Rotta, Alfredo e Silas

O deputado Federal Marcos Rotta (PMDB-AM) é o único parlamentar da bancada amazonense em Brasília a aparecer no topo de colocados na pesquisa realizada pelo portal de transparência Ranking Políticos. Na posição de 3º colocado na classificação geral da Câmara dos Deputados o amazonense somou 323 pontos, apenas um ponto abaixo do 1º e 2º colocados, figurando como o parlamentar de maior atuação. A informação é do portal www.politicos.org.br que ajuda o cidadão a avaliar os políticos brasileiros por suas atuações e classifica-los de melhor para pior.

O segundo deputado federal amazonense na pesquisa de atuação parlamentar vai aparecer lá em 46º lugar da tabela, Arthur Bisneto (PSDB), somando 295 pontos. A deputada federal Conceição Sampaio (PP), está na posição 105 e tem 278 pontos. O líder da oposição e do “Fora Dilma”,deputado Pauderney Avelino (DEM) foi parar no 141º lugar (pontuação 261) e Hissa Abrahão (PDT) fica ainda mais pra baixo da tabela de avaliação como parlamentar, ficando na 196º posição (234 pontos). Nos critérios de avaliação de Hissa Abraão, chama atenção o fato do parlamentar ter nota abaixo de zero (-2) em “qualidade legislativa”, item da pesquisa que avalia o teor dos projetos apresentados pelo deputado federal.

Nas piores classificações estão os deputados federais Átila Lins (PSD), que aparece na posição 327º e tem 188 pontos; o deputado Alfredo Nascimento (PR), que está na posição 451º e tem ínfimos dezesseis pontos. Aparecendo de forma negativa na pesquisa, o deputado federal Silas Câmara (PRB), ocupa a posição 465º com pontuação negativa, tem 32 pontos abaixo de zero.

Salta aos olhos ainda, as pontuações negativas dos deputados Alfredo Nascimento (-292) e Silas Câmara (-164) no item referente a “processos judiciais”, o que significa que os dois parlamentares estão na mira da Justiça, e não é pouco não gente, viu gente?

Por ser on-line, o Ranking Políticos está sempre disponível para consulta, sendo atualizado de acordo com o cronograma das casas legislativas. O sistema baseia-se principalmente nos temas econômicos e de liberdade do País. Entre os critérios de avaliação dos políticos está a assiduidade na presença das sessões legislativas, os privilégios, como por exemplo os valores usados das cotas parlamentares e das verbas indenizatórias, a participação pública, chamada de “mentirômetro”, que baseia-se nas mentiras e verdades ditas pelo parlamentar; e finalmente os processos judiciais que responde o político.

Além disso, se está focado na defesa dos direitos humanos, no respeito às leis, no combate à corrupção e aos privilégios parlamentares, na livre iniciativa, no regime de mercado, na eficiência dos serviços públicos, na redução do desperdício de dinheiro público, na liberdade de informação e nos demais direitos conquistados  pela sociedade. Os dados apresentados nesse projeto são de origem oficial pública, sendo a maioria deles vindos diretamente do site do Congresso. (Da Redação do Radar)