Equipe da Associação dos Deficientes Visuais do Amazonas se prepara para Campeonato Regional de Futebol de 5

Nessa quarta-feira (14), a equipe da Associação dos Deficientes Visuais do Amazonas (Advam) se reuniram na Vila Olímpica de Manaus, para acertar detalhes de sua participação no Campeonato Regional Centro Norte de Futebol de 5. O torneio, que vale vaga para a Série B do Brasileiro, aconteceu de 29 de março a 1 de abril na cidade de Trindade (GO).

O grupo comandado pela técnica Silmaria Maia treina desde 2016, ano passado e garantiu a quinta colocação no Regional, que contou com a participação de oito times. Em 2018, o objetivo é voltar para Manaus com o título e a vaga para a Série B, para isso o grupo ganhou reforços de fora do Estado.

“Ano passado ficamos longe do título e agora queremos trazer o troféu de campeão para o Amazonas, por isso contratamos os jogadores Ivan e Caelison, do Pará e do Acre, respectivamente, dois atletas que chegaram para somar que vão nos ajudar a chegar ao topo do pódio. O segundo lugar também pode ser interessante, afinal os dois primeiros colocados têm vaga certa na Série B, que também é o nosso foco”, comentou Silmaria Maia.

No futebol de 5, os jogadores de linha não enxergam, mas o goleiro tem visão total. Na equipe da Advam, Wesley Santos (23) é o responsável pela defesa, ele conta que além de impedir os gols dos adversários, também tem a função de cuidar dos companheiros fora das quadras.

“Ser goleiro de futebol de 5 é uma experiência única, além de jogar futebol eu também ajudo os meus amigos em muitas coisas, como ir ao banheiro, por exemplo. Sempre joguei futebol convencional, mas nunca pensei que pudesse representar o Amazonas em torneios pelo Brasil afora. A gente nunca imagina o que um deficiente visual é capaz de fazer com uma bola nos pés, e acreditem, eles nos surpreendem sempre. É uma alegria fazer parte dessa família”, comentou Wesley, que é estudante de Educação Física.

O time da Advam é formado por dez jogadores: Wesley e Athirson (goleiros videntes); Willians e Wanderson (fixos); Ivan, Nelson, Ronaldo e Jadir (alas); Caelison e Adonias (pivô). Renan Brasil é o chamador e Hilery Cardoso a auxiliar-técnica. A equipe conta com o apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).