Escolhido por Temer, novo chefe da Polícia Federal já assumiu o posto

Apesar de a cerimônia de posse estar marcada para o dia 20 de novembro, o novo comandante já começou a trabalhar

Com sua nomeação publicada no Diário Oficial da União dessa quinta-feira (9), o novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, começou a trabalhar.

Apesar de a cerimônia de posse estar marcada para o dia 20 de novembro, o novo comandante se sentou cedo nessa quinta (9) na cadeira que foi por quase sete anos ocupada por Leandro Daiello.

O dia deve ser de reuniões. Além de conversas com diretores, Segóvia foi apresentado para superintendentes regionais.

O anúncio da troca na PF foi feito nessa quarta (8), pelo Ministério da Justiça. A escolha foi do presidente Michel Temer, com apelo do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.

MUDANÇAS

A primeira mudança esperada após a entrada de Segóvia é na Direx (Diretoria Executiva), atualmente comandada por Rogério Galloro.

Galloro, que era cotado para assumir o cargo de diretor-geral, foi convidado pelo ministro da Justiça, Torquato Jardim, para ser o Secretário Nacional de Justiça.

A indicação requer o aval do presidente da República, que ainda não se manifestou.

A expectativa é de que haja troca também em outras diretorias. Com informações da Folhapress.