Espanha aprova moção de censura contra governo de Rajoy

O governo do primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy chegou ao fim na manhã desta sexta-feira (1). O Parlamento espanhol aprovou a moção de censura apresentada pelos socialistas, confirmando as expectativas. Agora, Pedro Sánchez, líder do PSOE, assume o governo de Espanha.

Por volta das 11h30 em Madri (6h30 em Brasília), o voto 176 confirmava a maioria necessária. A votação final foi de 180 votos a favor da moção de censura, 169 contra e uma abstenção.

Próximos passos

Agora, a presidente do Congresso, Ana Pastor, deve comunicar o resultado ao rei Felipe VI e, de acordo com a Constituição, o governo atual deverá apresentar a sua renúncia ao monarca. Feito isto, o rei poderá indicar Sánchez como presidente. A posse perante Felipe VI pode acontecer já neste sábado (2).

Esta foi a primeira vez que uma moção de censura prosperou no Parlamento espanhol desde que foi restaurada a democracia no país, em 1977.

A queda do atual presidente é atribuída ao envolvimento dele em escândalos de corrupção. Uma série de empresas subornaram autoridades do Partido Popular, de Rajoy, para obter contratos públicos entre 1999 e 2005.

Fonte: Notícias ao Minuto