Espetáculo “Beiradão” revela a cultura ribeirinha por meio da dança

Ribeirinho 4 capa

O Balé Folclórico do Amazonas volta a apresentar no Teatro Amazonas, nesta terça-feira (21), às 20h, com entrada franca e classificação livre o espetáculo de sucesso “Beiradão”, que conta sobre o cotidiano do povo ribeirinho, baseado na pesquisa feita pela diretora do balé, Conceição Souza. O evento é uma realização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura.

O espetáculo traduz para o palco, em forma de dança, as particularidades dos amazônidas que vivem às margens do rio, suas crenças, seus hábitos, sua relação com o rio, a beleza da mulher ribeirinha e suas comemorações. A mola propulsora desse processo é a observação das características específicas dessas pessoas e suas danças típicas, como a “Dança do Arara”, propondo assim, uma releitura desse universo, falando também das dificuldades que enfrentam cotidianamente, desde as crianças que acordam as 3h da manhã para pegar a condução e estudar como os pescadores que vivem os períodos da enchente a vazante.

Com duração de 45 minutos, o universo amazônico está presente em toda composição do espetáculo desde a cenografia até os figurinos e objetos cênicos, utilizando-se de materiais característicos do Beiradão. Sob o comando de Tércio Macambira e Duan Raiad de Vasconcelos, a equipe é composta por vinte e nove bailarinos em cena, dirigidos por Conceição Souza. A assistência é de Adam Sousa e ainda Eduardo Amaral como ensaiador, Flávio Soares como maítre, Cena Magda Carvalho, como designer e Thiago Farias, Eduardo Amaral e Denison Vitor, como coreógrafos.

O espetáculo é sucesso de público e revela a cultura do ribeirinho de forma lúdica e com veracidade de elementos e sons. Para o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga, ao prestigiar o evento, o público se encanta e se envolve com as tradições locais, por meio do talento do Balé Folclórico do Amazonas.

SERVIÇO

Espetáculo “O Beiradão”

Dia: Terça-feira, 21 de junho de 2016.

Local: Teatro AmazonasCentro Histórico.

Hora: 20h

Entrada: Gratuita

Ribeirinho 1

Ribeirinho 2

Ribeirinho 3