Está preso homem acusado de roubar e estuprar mulheres

Estuprador 3

O desempregado Gustavo Bezerra Veloso foi preso acusado de estuprar duas mulheres entre os meses de outubro e novembro deste ano. Ele também roubou o celular de uma das mulheres.

Segundo a delegada adjunta do Departamento de Repressão ao crime Organizado (DRCO), Fernanda Leal Antonucci, o primeiro estupro de Gustavo ocorreu no último dia 26 de outubro, por volta de 5h, quando uma mulher de 52 anos foi abordada por ele, em posse de uma arma de fogo, entre a Rua Humberto Calderaro Filho e Belo Horizonte, bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul. “Após abordar a senhora, ele caminhou em companhia dela até uma casa abandonada, ainda no Adrianópolis, e lá consumou a estuprou e ainda roubou o celular dela”, disse.

No dia 28 de novembro, Gustavo fez mais uma vítima, uma jovem de 19 anos, que foi abordada por ele, na Travessa Carabuçu, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. Na ocasião, ele disse que estava devendo um dinheiro para a mãe dela e passou a conversar com a jovem. “Após dizer que tinha um determinado valor para entregá-la, ele saiu em companhia dela; caminharam muito e ao chegar a uma casa abandonada, ele mostrou a arma e consumou o estupro”, explicou a delegada.

A prisão de Gustavo foi resultado de um trabalho conjunto entre 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e a Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DCCM). “A delegacia da mulher foi a primeira a receber a denúncia, a partir daí foi feito um trabalho investigativo da especializada que identificou Gustavo como sendo o autor do crime”, disse a delegada Fernanda Leal.

Após o trabalho investigativo da especializada, a DRCO fez uma representação pela prisão preventiva do rapaz envolvido em estupros. “Nós demos apoio à especializada para prender esse homem, divulgamos a foto dele e conseguimos o mandado de prisão no dia 18 de novembro, no mesmo dia de nossa representação”, informou a delegada Fernanda Leal.

Segundo o delegado titular do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o cumprimento do mandado de prisão foi realizado, por volta das 9h30, desta sexta-feira, dia 4, pela equipe do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Rua Coronel Ferreira de Araújo, bairro Petrópolis. “Recebemos denúncias anônimas e fomos até o Gustavo, que foi preso em via pública pela prática do crime de estupro e roubo”, destacou.

A titular da DCCM, Andrea Pereira, destacou que toda mulher vítima de estupro deve procurar a delegacia para relatar o ocorrido à polícia. “Essas vítimas terão a identidade preservada, estamos à disposição de todas e até pedimos para que nos procure na delegacia”, informou.

Fotos: Sérgio Augusto /Assessoria de Imprensa da PC-AM