Está preso padrasto que estuprou enteada de 11 anos; menina está em estado grave

Estuprador enteada 1Foi preso, por volta das 15hs desta sexta-feira (13), Paulo Júnior da Natividade Coelho, 27, acusado do estupro da enteada de 11 anos de idade. A menina está internada em estado grave e pode vir a perder o útero por causa da violência sexual.

De acordo com a titular da Delegacia de Proteção a Criança e ao adolescente (Depca), Juliana Tuma, a prisão ocorreu na casa da mãe do infrator, localizada na Avenida do Açaizeiro, Comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, zona Leste de Manaus, horas depois de Paulo cometer o crime. A delegada contou que a menina permanece internada em estado grave no Hospital e Pronto-Socorro da Criança, na zona Oeste, após ser submetida a procedimento cirúrgico para reconstituição da vagina e períneo.

“O crime aconteceu na manhã de quinta-feira, dia 12, por volta das 7h, antes da criança ir para a escola. A mãe da garota, que está grávida do infrator, teria ido ao médico e deixou a menina sob os cuidados do padrasto, na casa onde eles moravam, em um conjunto habitacional na zona Norte da capital. Depois de estuprar a vítima, Paulo fugiu para a casa da mãe”, explicou a titular da Depca.

O crime foi descoberto na escola, por uma professora que percebeu um sangramento anormal na criança. “Na tarde de ontem a garota chegou ao colégio, na zona Rural, com manchas de sangue na roupa. Após ser interrogada pela professora, a menina relatou o que havia acontecido. A coordenação da escola acionou o conselheiro tutelar que atua na área e formalizou a ocorrência na Depca. A menina foi socorrida e corre o risco de ter o útero retirado”, argumentou a delegada.

Juliana Tuma ressaltou que esteve no hospital e ouviu a vítima. A criança contou que o padrasto a assediava sexualmente desde quando ela tinha sete anos, mas que apenas ontem teria consumado a violência sexual. Segundo a menina, ele a jogou no chão e a forçou a manter relações sexuais com ele. O infrator possui duas filhas com a mãe da vítima e ela está grávida novamente dele.

Paulo foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável, crime previsto no Art.217-A do Código Penal Brasileiro (CPB). Após os procedimentos cabíveis na unidade policial ele será conduzido à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

FOTOS: Divulgação/Assessoria de Imprensa da PC-AM