Estoque de sangue do Hemoam registra queda de 60%

Foto: Divulgação Hemoam

Nesta segunda-feira (22), a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Estado do Amazonas (Hemoam) registrou queda de 60% no número de bolsas disponíveis para transfusão. A instituição é responsável pelo abastecimento de sangue de 39 unidades de saúde pública e privada da capital, além de 43 cidades do interior do Amazonas. Por este motivo, o hemocentro convoca, com urgência, doadores de sangue de todos os tipos sanguíneos.

As doações seguirão normalmente nestas terça e quarta-feira, dias 23 e 24, mesmo com o ponto facultativo decretado pelo governo estadual.

Apesar do estoque apresentar baixa em todos os tipos sanguíneos, a situação é mais preocupante em relação ao O+, A+ e O-. Esses três tipos não podem faltar de maneira nenhuma, pois o primeiro e o segundo representam a maior parte do consumo diário, e o terceiro é considerado um sangue universal.

O Hemoam funciona de segunda a sábado de 7h às 17h, na avenida Constantino Nery, 4.397, bairro Chapada.

Perfil

Para ser doador, é necessário ser uma pessoa com boa saúde, com idade entre 18 a 69 anos e peso a partir de 50 quilos; não ter tido hepatite depois dos 10 anos de idade; não ter comportamento sexual de risco; não ser usuário de drogas; não ter tido malária, doenças sexualmente transmissíveis ou recebido transfusão sanguínea nos últimos 12 meses; não ter tido febre nos últimos 30 dias.

No momento da doação, o candidato deve estar bem alimentado e munido de documento de identidade. Jovens de 16 e 17 anos podem doar com autorização formal do responsável ou representante legal.

Quem teve Covid-19 pode doar após 30 dias do desaparecimento total dos sintomas.