EUA têm diversos casos de intimidação a latinos e muçulmanos, inclusive jornalista brasileira

jornalista-brasileira-fernanda-santos-capa

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, concedeu uma entrevista ao programa 60 minutos, da CBS, que foi ao ar na noite deste domingo. Ele comentou sobre imigrantes ilegais que viviem nos EUA e prometeu deportar de dois a três milhões deles. Trump também falou sobre o crescimento de tensões raciais no país desde sua eleição:

“Estou surpreso em escutar isso. Eu odeio ouvir isso. Mas acredito que isso venha de uma pequena parcela”. Em seguida, fez um pedido aos seus seguidores que têm ameaçado latinos e muçulmanos: “Não façam isso. É terrível. Quero o país unido”.

Trump disse ainda que se sente triste ao ouvir tal coisa: “Parem com isso”, repetiu.

Diversos casos de intimidação foram relatados no país. Um deles envolveu jornalista brasileira Fernanda Santos, a única repórter brasileira do New York Times, que foi hostilizada enquanto falava ao telefone em espanhol, na cidade de Phoenix, Arizona, nos EUA.

Fonte: Notícias ao Minuto