Ex-funcionários da empresa Açaí Transportes fazem mobilização no Centro de Manaus (ver vídeo)

Trabalhadores exigem pagamento de direitos trabalhistas

Foto: Reprodução

Na manhã desta segunda-feira (27) alguns ex-funcionários da empresa Açaí Transportes, fizeram uma mobilização nas proximidades do Terminal de Integração 1, no Centro da Cidade.

De acordo com informações repassadas pelo Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), um grupo de motoristas e cobradores que atualmente estão atuando em outras empresas de transporte coletivo, fizeram a mobilização e bloquearam a passagem de ônibus pela avenida Constantino Nery.

Os manifestantes exigiam o pagamento de indenizações e o pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) que de acordo com eles, não estava sendo depositado pela empresa falida. A empresa Açaí encerrou suas atividades em julho deste ano e as 11 linhas operadas pela empresa estão sendo atendidas por outras concessionárias de transporte coletivo.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informou que não foi comunicado da mobilização e garantiu que as empresas em atuação vigente estão com os pagamentos em dia.

O Sinetram informa não foi notificado e desconhece os motivos da paralisação ocorrida na manhã desta segunda-feira (27/09). A operação do transporte coletivo já está normalizada.

Destaca, ainda, que as empresas que operam no sistema de transporte coletivo estão em dia com as obrigações de salários e benefícios de seus colaboradores, cumprindo as ordens de serviço emanadas pelo órgão gestor competente.

A Polícia Militar o IMMU estiveram no local, negociando o fim da mobilização. O diretor do IMMU, Paulo Martins, informou que a operação de transporte foi normalizada e enviou equipes do instituto para outros terminais da cidade, afim de evitar novas paralisações.

O Radar Amazônico esteve no local e acompanhou a liberação da via, confira: