Anúncio

Ex-jogador de vôlei Giba tem prisão decretada pela Justiça

O ex-jogador de vôlei Giba teve prisão de 60 dias decretada por não pagamento de pensão alimentícia aos dois filhos que tem com a também ex-jogadora Cristina Pirv. A medida foi expedida no último dia 9 mas não executada pelo fato de o ex-capitão da seleção brasileira ter conseguido, nesta sexta-feira (16), uma liminar que suspende a ação até a realização de uma audiência em data ainda não definida.

Segundo portal Saída de Rede, o astro estaria com pensão atrasada em dez meses – ele vem tentando diminuir o valor e pagando apenas parte do montante estipulado pela Justiça.

advogado de Giba afirma não ter recebido nenhuma notificação relativa ao pedido de prisão. Já o advogado de Cristina confirma a informação e diz que tentará derrubar a liminar, de modo que o ex-jogador seja preso assim que voltar ao Brasil – ele está na Coreia do Sul em trabalho relativo às Olimpíadas de Inverno.