Ex-prefeito de Silves é investigado por suposta improbidade administrativa

Foto: Reprodução

O ex-prefeito do município de Silves (a 200 km de Manaus), Franrossi de Oliveira Lira, mais conhecido como “Bojó” está sendo investigado pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) por suposta improbidade administrativa praticada na época em que era gestor municipal. A informação consta no Diário Oficial do órgão na edição de quarta-feira (11). (Veja documento no final da matéria)

Segundo a publicação, o Ministério Público recebeu, anteriormente, uma representação referente a suposta improbidade administrativa na aquisição de ‘concreto betuminoso a quente’ para o município de Silves, no ano de 2013 a 2015.

O concreto citado é um dos tipos de revestimentos asfálticos mais utilizados nas vias urbanas e rodovias brasileiras. Diante disso, o MP viu a necessidade de instaurar inquérito civil para apurar o caso.

Como medida preliminar, o órgão determinou um prazo de 15 dias para o ex-prefeito e investigado Franrossi de Oliveira Lira para que apresente defesa por escrito e expedir cópia da presente portaria para conhecimento, bem como de seus respectivos anexos.

Confira o documento na íntegra