Exportações aumentam 25% no AM no primeiro semestre de 2018

O Amazonas registrou um crescimento de 25% nas exportações no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. O crescimento foi puxado pela alta de exportações dos produtos de minérios (nióbio e tântalo), aparelhos de barbear não elétricos e motocicletas. Os principais países de destino desses produtos são a Argentina e a Colômbia, que representaram mais de 50% das exportações do Estado.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (15/08) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic).

Para o especialista em economia e gerente do Centro Internacional de Negócios do Amazonas (CIN-AM), Marcelo Lima, o aumento nas exportações do Estado significa que a economia está ficando mais dinâmica e diversificada. “Para crescer e ampliar os negócios, nossas empresas precisam buscar o caminho do comércio exterior”, apontou Lima.

Segundo o economista, o Brasil possui um grande mercado interno o que, sem dúvida, representa uma oportunidade e uma situação cômoda para muitas empresas, que preferem priorizar o mercado doméstico e não chegam a se interessar seriamente pelas exportações.

“Entretanto, mesmo neste cenário, cada vez mais, os empresários brasileiros começam a considerar as exportações como uma decisão estratégica importante para suas empresas e para o desenvolvimento de seus negócios”, garante Lima.

Com informações da assessoria do Mdic.