Facebook tem impacto negativo sobre o humor do usuário,diz estudo.

pessoas-facebook

As redes sociais tem contribuído fortemente para que as pessoas se sintam mais conectadas, aproximando familiares, amigos e conhecidos. Porém a sua utilização constante pode ter um efeito negativo no humor dos usuários do serviço.

De acordo com um estudo feito com usuários do Facebook e publicado esta semana na Public Library of Science, o uso do Facebook influencia na diminuição da sensação de bem-estar do usuário. Segundo o estudo da Universidade de Michigan (UM), essa é a primeira investigação conhecida e publicada sobre  a influência do Facebook na felicidade e satisfação do usuário. “A primeira vista o Facebook fornece um recurso valioso para a satisfação de necessidades humanas básicas de comunicação social”, diz o psicólogo social da U.M, Ethan Kross, autor principal do artigo e professor associado no Instituto de Pesquisa Social (ISR) da universidade, “Mas, em vez de melhorar o bem-estar, descobrimos que o uso do Facebook tem um resultado oposto”.

“Este é um resultado de importância crítica porque vai ao cerne da influência que as redes sociais podem ter sobre a vida das pessoas.”, disse um dos autores do estudo, o cientista cognitivo John Jonides, U.M.

Para o estudo, os pesquisadores recrutaram 82 adultos jovens, um centro demográfico de usuários do Facebook. Todos eles tinham smartphones e contas do Facebook. Os pesquisadores usaram a experiência de amostragem (uma das técnicas mais confiáveis ​​para medir como as pessoas pensam, sentem e se comportam de momento a momento na vida diária) para avaliar o bem-estar subjetivo dos participantes através do envio de mensagens de texto, de forma aleatória , cinco vezes ao dia por duas semanas. Cada mensagem de texto contendo um link para uma pesquisa cibernética, com cinco perguntas: “Como você se sente agora?” “Com o que você está preocupado?” “Quão solitário você se sente neste momento?” “Quanto você usou o Facebook desde a última vez que lhe perguntamos?” “Quanto você interagiu ‘diretamente’ com outras pessoas desde a última vez que lhe perguntamos?”

O estudo descobriu que as pessoas que usaram o Facebook por um período maior de tempo se sentiram piores. Os autores pediram também aos participantes para avaliar o seu nível de satisfação com a vida no início e no final do estudo. Eles descobriram que os participantes que mais usaram o facebook durante o período de duas semanas, diminuíram o seu nível de satisfação com a vida ao longo do tempo.

Vale ressaltar que os pesquisadores não encontram evidências de que  a interação direta com outras pessoas através do telefone ou cara a cara influencie diretamente na sensação de bem estar. Em vez disso descobriu-se que as interações diretas com outras pessoas fez com que os mesmos se sentissem melhor com o passar do tempo.

Fonte:20 minutos