Facebook vai substituir likes por total de seguidores nas páginas

Facebook — Foto: Richard Drew/AP Photo

O Facebook anunciou nesta quarta-feira (6) que o total de curtidas das páginas, usadas por negócios, celebridades, políticos e veículos de mídia, será substituído pelo número de seguidores.

O objetivo é tornar mais claro quantas pessoas podem ser alcançadas pelas publicações de casa página – na rede social é possível curtir e deixar de seguir aqueles conteúdos ou vice-versa. A quantidade de reações em posts, como “curti”, “amei”e “uau”, seguem aparecendo.

A mudança vai acontecer junto com uma reformulação no visual, que deixará as páginas mais simples. As novidades serão liberadas aos poucos, durante os próximos meses.

Informações como a biografia e descrição das páginas também terão mais destaque, assim como o selo de verificação. Com isso, o Facebook quer se certificar que as pessoas estão visualizando conteúdos de páginas e perfis autênticos.

As páginas ganharão um Feed de Notícias próprio, voltado para os administradores. Por meio dele, os criadores de conteúdo poderão seguir e interagir com outros criadores e acompanhar tendências.

O Facebook diz que os comentários de figuras públicas ficarão destacados no topo das conversas dentro dos posts e que as pessoas poderão seguir novas páginas com mais facilidade a partir dessas interações.

Os administradores poderão fazer um novo tipo de publicação, com um formato de perguntas e respostas para interagir com os seguidores.

O G1 entrou em contato com o Facebook para saber quando essas mudanças terão efeito no Brasil, e até a última atualização dessa reportagem não obteve resposta. No anúncio global, a companhia disse que as novidades serão liberadas nos “próximos meses”.