“Faltam leitos na rede pública de Saúde para pacientes de alta complexidade”, denuncia Wilker Barreto 

Joel Arthus/Aleam.

O deputado estadual Wilker Barreto (PHS) denunciou, nessa sexta-feira (8), que faltam leitos na rede pública de Saúde para pacientes de alta complexidade, especialmente os que vem do interior do Estado em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI)  aéreas.

“Faltam leitos na rede pública de Saúde para pacientes de alta complexidade. As prefeituras conseguem as UTIs aéreas, mas quando eles entram em contato com a Central de Regulação em Manaus descobrem que não há vagas e a UTI nem decola do município. Estamos perdendo vidas. Uma solução, em curtíssimo prazo, seria recorrer a rede privada de Saúde”, disse o parlamentar.

Membro da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), Wilker contou o caso de um paciente do município de Santa Izabel do Rio Negro, que seria transferido para Manaus. “Não é omissão das prefeituras, como foi o caso de Santa Isabel do Rio Negro, que recebeu a resposta que o João Lúcio não tinha leito. É falta de opção”, contou o deputado.

Diante da negativa em receber o paciente, o deputado afirmou que passará a visitar os hospitais e unidades de Saúde para verificar as condições de atendimento à população enquanto aguarda um posicionamento da Secretaria de Estado de Saúde (Susam).

“Até agora o Governo não se posicionou. Quero saber se o Platão Araújo está reabastecido ou se o  João Lúcio está redondo, ou se tem o mínimo para que as pessoas possam ser atendidas. E se isso não está ocorrendo, a sociedade está pagando uma conta alta. Eu preciso e quero tranquilizar o Amazonas”.

Visitas

O deputado estadual Wilker Barreto (PHS) foi verificar as condições de atendimento do Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, na zona Leste, e constatou a falta de estoque de anestesia.

“A urgência e emergência só tem anestesia para mais sete ou oito atendimentos, até hoje pela manhã. Se acontecer uma tragédia e precisar fazer grandes atendimentos não terá anestésico. Isso é muito preocupante. Vim aqui (no hospital) na condição de deputado, para fiscalizar, e vou continuar fiscalizando”, disse Barreto. A visita foi acompanhada pelo deputado estadual Dr. Gomes (PRP).