Familiares negam que corpo encontrado em Iranduba seja de advogado desaparecido após salto de paraquedas

O esportista está desaparecido desde o dia 15 de abril deste ano

Ao Radar Amazônico, Leonardo Menezes, que é sócio e amigo do paraquedista Luiz Henrique Cardeli, que está desaparecido desde o dia 15 de abril deste ano, afirmou que o corpo encontrado na tarde desta terça-feira (26) por um idoso na comunidade Ariaú Tower,  em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus) não é de Cardelli.

O cadáver foi encontrado em uma área de igapó por um idoso que entrou no local para apanhar açaí e sentiu um forte odor. A vítima estava de bruços, usava uma bermuda preta e uma tatuagem na perna do lado esquerdo e uma blusa amarrada ao pescoço.

Devido às características, os familiares descartaram que seja Luiz Henrique e as buscas continuam para encontrar o advogado.

O caso

O esportista está desaparecido desde o dia 15 de abril deste ano quando um grupo de 14 paraquedistas que realizava saltos na capital amazonense foi surpreendido pelo forte vento e pela chuva na cidade.