Fátima Bernardes se descontrola ao vivo e detona PM: “A polícia fracassou” 

Ao vivo durante o programa Encontro com Fátima Bernardes nesta terça-feira (3), a apresentadora deu uma invertida em uma major da Polícia Militar que concedia entrevista por telefone sobre o massacre de Paraisópolis.

A porta-voz da PM de São Paulo, major Cibelle Marsolla, saiu em defesa dos agentes policiais presentes na Operação Pancadão que matou 9 jovens. Ela ressaltou o profissionalismo dos policiais que, mesmo sendo alvos de armas de fogo, não efetuaram nenhum disparo para que fosse preservada a segurança dos cidadãos.

“Porque se você pensar em uma pessoa, sendo agredida a tiros com uma arma na cintura, eles viram a multidão e não fizeram um disparo. Então os profissionais não reagiram devido ao profissionalismo e eles recuaram”, disse a major, comentando vídeos da ação truculenta da PM na comunidade, que resultou no assassinato de 9 jovens entre 14 e 23 anos que estavam em um baile funk. “Nós não podemos colocar esse problema que é de toda a sociedade nas mãos de três policiais que estavam trabalhando na madrugada”, disse a major.

Fátima Bernardes rebateu dizendo que a operação da polícia fracassou. “Em nenhum momento a ideia foi exatamente acusar esses policiais, mas o todo fracassou de alguma maneira porque 9 jovens morreram. Nenhum tiro foi disparado, mas as pessoas não morrem somente por tiro. Houve um pisoteamento. Então, eu tenho certeza que essa investigação vai chegar a uma conclusão, que é o que as famílias esperam. Já que não tem como trazer esses jovens de volta, que a apuração chegue aos culpados para que as pessoas possam aprender com os erros e para que isso não volte a se repetir”.