Fechado para obras desde 2021, Caic da Colônia Oliveira Machado ainda não abriu as portas para atendimento

Reforma já recebeu três aditivos e valor total das obras é de mais de R$ 950 mil

Foto: Reprodução

Com previsão para ser finalizada em oito meses, conforme contrato da Secretaria Estadual de Saúde (SES-AM), a reforma no Centro de Atenção Integrada à Criança (Caic) Draº Josephina de Mello, situada na rua Felismino Soares, no bairro Colônia Oliveira Machado, teve início no mês de maio de 2021 e deveria ter sido entregue em janeiro deste ano. Mas a duração dos serviços foi ampliada em mais três meses (90 dias), empurrando o prazo para abril passado.

Segundo reclamação de um morador da região, mesmo com as obras aparentemente finalizadas, as atividades no local ainda continuam suspensas. Conforme relato do denunciante, quando um dos moradores da Colônia precisa de atendimento para seus filhos, tem que se deslocar para outros bairros da cidade em busca de consultas médicas.

De acordo com o contrato firmado entre o Governo do Estado e a empresa Tecnoarte da Amazônia Construção Civil Ltda, a obra para reforma do Caic custaria aos cofres públicos o valor inicial de R $344.905,71. No entanto, após a prorrogação dos prazos para as obras na unidade foram realizados mais três valores aditivos ao contrato. O primeiro refere-se à quantia de R$ 172.380,98; o segundo no valor de R$ 84.826,53 e o último o custo foi de R$ 348.181,55. Os valores somados totalizam o valor de R$ 950.294,77.

A redação do Radar Amazônico solicitou esclarecimentos à assessoria da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) sobre o motivo da unidade não estar realizando atendimentos. A assessoria respondeu que o Caic “está na etapa final para reabertura com novas finalidades”.

Inscrição da empresa Tecnoarte da Amazônia Construção Civil Ltda
Veja o contrato na íntegra