Feiras de produtos regionais movimentaram mais de R$ 2,2 milhões em agosto

As Feiras Regionais da Agência de Desenvolvimento sustentável (ADS), vinculada ao Sistema da Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror), movimentaram mais de R$ 2,2 milhões em recursos no mês de agosto. O montante representa alta de 80%, se comparado ao mesmo período de 2017, quando o total de recursos foi de R$ 1,2 milhão.

De acordo com o Chefe do departamento de negócios agropecuários da ADS, Heitor Liberato, os produtos comercializados também tiveram crescimento de mais de 54%. Foram 824,8 toneladas de produtos regionais deste ano, contra 535 toneladas em 2017.

“Nossas feiras oferecem itens direto do produtor, com preços abaixo até 30% dos comércios convencionais, além, claro, da garantia de qualidade desses produtos. Inovamos levando feira para dentro de grandes centros comerciais e ainda pretendemos crescer muito mais”, ressalta o gerente.

A Agência soma, hoje, um total de 23 feiras entre capital e interior do Amazonas.

Benefícios

Só na capital, são beneficiados, diretamente, mais de um mil agricultores. No interior, são mais 900 produtores contemplados, somando um total de 2.400 participantes.

Feiras na capital e interior

A Agência coordena, atualmente, nove Feiras de Produtos Regionais na capital: no Clube dos Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica (Cassam); Shopping Sumaúma; Shopping Ponta Negra (com duas edições); Shopping Manaus Plaza; no Comando da Polícia Militar (PM); no Vitello da Cidade Nova e as feiras de produtos 100% orgânicos no Instituto Nacional da Colonização e Reforma Agrária (Incra) e no Vitello do Parque 10.

As estruturas das feiras iniciaram na capital já estão presentes em 14 municípios do Amazonas, entre eles: Itacoatiara, Rio Preto da Eva, Boa Vista do Ramos, Parintins, Silves, Novo Airão, Beruri, Manacapuru, Careiro Castanho, Lábrea, Tefé, Novo Aripuanã Tonantins, e Humaitá.

Com informações da assessoria