Festa clandestina em barco é interrompida no Amazonas

Uma festa clandestina em um rebocador na orla da cidade de Parintins (AM), a 369 km de distância de Manaus, foi interrompida por equipes de fiscalização, na noite de terça-feira (13), por volta das 22h. Ao todo, 11 pessoas foram detidas e levados à delegacia por terem participado da festa, que era a base de bebias alcoólicas e música alta.

Mesmo com o município de Parintins tendo o horário restrito para circulação de pessoas, como forma de combater a propagação da Covid-19, os participantes não deixaram de realizar a festa. Além disso, haviam menores de idade no local. A pessoa responsável pela embarcação foi presa e os outros adultos que estavam presentes na festa, assinaram apenas um termo de ocorrência. Os pais dos menores de idade foram acionados para buscá-los no local.

O responsável deve responder pelos crimes de descumprimento ao decreto municipal e por fornecimento de bebidas alcoólicas aos menores de idade.

Decreto em Parintins

A circulação de pessoas é restrita entre o horário das 20h e 5h. A orientação é para as pessoas ficarem em casa e não realizarem festas. Desde o início da pandemia, a cidade registrou 329 mortos e mais de 9,4 mil casos da doença.