Fifa anuncia punição de 90 dias a Marco Polo Del Nero

A Fifa anunciou nesta sexta-feira (15) que o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, foi suspenso por 90 dias. A decisão foi tomada pela Comissão de Ética da entidade e foi reflexo das últimas provas apresentadas pelos promotores que estão participando do julgamento do ex-presidente da entidade, José Maria Marin, em Nova York.

Segundo informou a Fifa em comunicado oficial, a duração da punição poderá ser prolongada por mais 45 dias. Neste período, o dirigente brasileiro está “proibido de atuar em todas as atividades ligadas ao futebol a nível nacional e internacional”. A punição entra em vigor imediatamente.

A partir de agora, a CBF passará a ser comandada pelo coronel Antonio Carlos Nunes, o vice-presidente mais velho da entidade, que já havia ocupado o cargo em um período anterior em que Del Nero esteve afastado no comando da entidade.

Marco Polo Del Nero foi acusado por diversos acusados que estão sendo julgados nos Estados Unidos de ter recebido propinas em troca de direitos para torneios na América do Sul. Os advogados de José Maria Marin, ex-presidente de CBF, já apontaram que Del Nero era quem realmente mandava na entidade, mesmo no período em que ocupava o cargo de vice-presidente.