Fifa “devolve” primeiro gol de Gabriel Jesus pela seleção brasileira

Estatístico inglês notou que gol havia sido creditado para Ayoví, contra. CBF recebeu comunicado de mudança

Gabriel Jesus marcou seu primeiro gol com a camisa da seleção brasileira no dia 1º de setembro do ano passado, mas ele só foi “validado” há uma semana. Sem que ninguém soubesse, nem mesmo ele, a Fifa enviou um comunicado à CBF para dizer que havia corrigido a súmula daquela partida. No documento oficial, o gol havia sido contra, do equatoriano Ayoví.

Brasil e Equador se enfrentaram num jogo emblemático: estreia de Tite e de Gabriel Jesus, que, aos 19 anos, fez seus dois primeiros gols pela seleção principal – aos 41 e 46 minutos do segundo tempo – na vitória por 3 a 0. Só um valeu na conta da entidade que comanda o futebol mundial.

Dennis Woods, estatístico inglês de 56 anos e apaixonado pelo futebol brasileiro, é um dos autores do livro “Todos os jogos do Brasil”, publicado em 2006. Ele notou o equívoco e entrou em contato com a CBF, que, por sua vez, acionou a Fifa e a fez rever o lance e alterar seus documentos oficiais.

A CBF confirmou que recebeu a notificação da Fifa. Como a súmula das eliminatórias vai diretamente para a entidade, ninguém sabia, antes disso, que o árbitro paraguaio Enrique Cáceres havia tirado do jovem Jesus seu gol histórico. O centroavante recebeu cruzamento de Marcelo e, marcado por Ayoví, escorou em direção ao gol.

Esse gol teve peso a curto e médio prazos. Além de ajudar o Brasil a vencer na estreia de Tite e arrancar de uma campanha até então vexatória rumo à classificação antecipada para a Copa do Mundo de 2018, ajudou Gabriel Jesus a ser artilheiro da Seleção logo em seu primeiro ano. Ele fez cinco gols em 2016, mesmo número de Coutinho, mais do que os quatro de Neymar.

Graças a essa admissão de erro da Fifa, o atacante do Manchester City também terminou as eliminatórias, oficialmente, como artilheiro do Brasil: sete gols, à frente de Neymar e Paulinho, ambos com seis.

Para que serve o referendo da Fifa? Apesar dos imbróglios construídos pela própria entidade, principalmente no que diz respeito à validade ou não de títulos mundiais, ora reconhecidos ora ignorados, são números oficiais. A comissão técnica do Brasil acredita que Gabriel Jesus será um dos próximos astros do futebol. Suas estatísticas pessoais serão fartamente exploradas.

Todos os gols do menino-prodígio, até aqui, foram feitos em partidas pelo torneio classificatório da Copa do Mundo. Na próxima sexta-feira, ele tentará rechear seu currículo marcando pela primeira vez em amistosos.

O Brasil enfrentará o Japão às 10h (horário de Brasília), no estádio Pierre Mauroy, na cidade de Lille. A partida terá transmissão ao vivo da TV Globo, do SporTV e do GloboEsporte.com, que também vai acompanhar em Tempo Real.

Fonte: GE