Fiscais descobrem abate clandestino de equinos que vendia carnes

Reprodução

Reprodução

Fiscais da Prefeitura de Aparecida de Goiânia fecharam, nesta quarta-feira (26/5), um abate clandestino de equinos, cujas carnes seriam vendidas em estabelecimentos comerciais da cidade, sem qualquer inspeção sanitária.

O local fica em uma chácara, no Setor Cidade Vera Cruz. Os fiscais da Secretaria de Meio Ambiente (Semma), com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar, encontraram carnes, ossadas, carcaças de dois animais e outros 11 equinos em situação de maus-tratos.

“Pelas características verificadas, as carnes eram vendidas em comércios, sem qualquer inspeção. Além de violar os procedimentos adequados quanto ao bem-estar animal, essa situação pode afetar seriamente o meio ambiente e a saúde da população”, diz o secretário de Meio Ambiente, Cláudio Everson.

A situação foi descoberta, após denúncia anônima. Duas pessoas foram encaminhadas para a Central de Flagrantes. O espaço foi interditado e o responsável, assim que identificado, deve ser multado pela prefeitura.

Os 11 animais que estavam no local foram resgatados e levados para outra chácara. A pena de multa será arbitrada conforme os critérios definidos pela legislação e pode chegar até R$ 200 mil.