Fiscalização verifica se ônibus de Manaus estão higienizados contra a Covid-19

Fotos Divulgação

Os ônibus coletivos da capital amazonense começam a ser fiscalizados, a partir desta quarta-feira (18), por fiscais da Prefeitura de Manaus. O objetivo é verificar se as empresas e terminais de integração estão cumprindo a higienização dos coletivos, além de reforçar as orientações para motoristas e cobradores quanto aos cuidados para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

“Fizemos uma reunião e cobramos deles que cuidassem para valer da higienização dos ônibus. Espero esse gesto de lucidez dos empresários, enquanto não temos outra medida a tomar. Se não cumprirem, a conversa será outra”, disse o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, durante entrega de quatro Unidades Básicas de Saúde Móveis (UBSs Móveis) que vão reforçar a cobertura básica nesse momento de alerta devido ao novo coronavírus.

Uma equipe de fiscalização da Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) esteve na garagem da empresa de ônibus Líder, zona Norte, para verificar as condições de limpeza dos veículos. A diretora do órgão, Maria do Carmo Leão, disse que os responsáveis pela empresa se comprometeram em aperfeiçoar os serviços de higienização dos veículos, assim como a orientação aos colaboradores. Ela enfatizou a importância diária da limpeza interna dos ônibus, incluindo os bancos, catraca e barras de sustentação.

As equipes de fiscalização da Visa Manaus e de fiscais de transportes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) percorreram o Terminal de Integração 3, no bairro Cidade Nova, zona Norte, para constatar as condições de higiene dos veículos. Outra medida cobrada durante a vistoria foi a afixação de cartazes nos veículos para informar os usuários de transporte quanto às formas de prevenção ao novo coronavírus, causador da Covid-19.

(*) Com informações da assessoria de imprensa