Flu segura pressão, vence o Bahia e dorme na liderança do Brasileiro

Flu segura pressão, vence o Bahia e dorme na liderança do BrasileiroDe um primeiro tempo insosso a uma etapa final emocionante, o Fluminense levou a melhor sobre o Bahia, na noite deste sábado, e venceu por 1 a 0 na Arena Barueri. O gol foi de Kenedy, logo aos três minutos de jogo. Surpresa na escalação de Cristóvão Borges no lugar de Rafael Sobis, que ficou no banco, poupado, o jovem atacante de 18 anos marcou pela primeira vez como profissional. O resultado levou o Flu à liderança provisória do Campeonato Brasileiro, com 15 pontos. Para manter a posição, terá que secar Cruzeiro e Palmeiras, que jogam neste domingo.

Já o Tricolor Baiano, que pressionou no fim com quatro homens de frente, teve Talisca, sua principal esperança, pouco inspirado. Diante de 1.345 pagantes (a renda da partida foi de R$ 32.650), o time não conseguiu furar a defesa carioca. Foi a segunda vez em 28 jogos neste ano que o Bahia não fez gol. Com isso, ficou parado nos oito pontos e, por enquanto, aparece décimo lugar. Porém, o time poderá perder posições com o complemento da rodada. Vale lembrar que a equipe soteropolitana teve um jogo adiado (contra o Sport, para 4 de junho).

Na próxima rodada, o Fluminense visitará o Atlético-MG, quarta-feira, às 22h (de Brasília) no Ipatingão. Já o Bahia recebe o Santos e joga na quinta-feira, às 21h no Joia da Princesa.

saopaulo_gremio-rib2São Paulo

O torcedor do São Paulo lembra bem a receita de sucesso do tricampeonato brasileiro conquistado sob o comando de Muricy Ramalho, de 2006 a 2008: solidez defensiva e gols em lances de bola parada. Pois foi assim que a equipe bateu o Grêmio por 1 a 0, na noite deste sábado, no Morumbi, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Num jogo equilibrado, com poucas chances claras dos dois lados, ganhou o time que soube aproveitar o fundamento que cada vez mais tem decidido jogos no Brasil. Lucão foi o autor do gol, aos 15 minutos do segundo tempo, completando de cabeça uma bola alçada por Ganso. Marcelo Grohe colaborou – a finalização nem foi tão forte assim. E passou por baixo dele…

Os gremistas saíram na bronca com a arbitragem. Aos 43 da etapa final, Barcos chutou, e a bola bateu no braço de Lucão, dentro da área. O árbitro Wilton Pereira Sampaio (GO) nada marcou.

Com a vitória, o São Paulo vai a 12 pontos e vira a noite de sábado para domingo colado no G-4, na quinta colocação. O Grêmio, com 13, é o terceiro, mas ainda pode, assim como o Tricolor paulista, ser ultrapassado por Internacional, Palmeiras, Goiás e Atlético-MG neste domingo.

Na próxima rodada, os dois times entram em campo na quarta-feira. De novo fora de casa, o Grêmio encara o Sport, na Ilha do Retiro, às 19h30. Já o clube paulista “visita” o Atlético-PR no Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG).