Fluminense vence a Chape e quebra tabu na Arena Condá

O Fluminense visitou a Chapecoense e volta para o Rio de Janeiro com três pontos valiosos na bagagem nessa segunda-feira (24). Com gols de Everaldo e Sornoza (Leandro Pereira descontou), o time de Marcelo Oliveira venceu por 2 a 1 e pulou para a nona posição do Campeonato Brasileiro, com 34 pontos. Com apenas 28, os catarinenses voltaram para a zona de rebaixamento e estão na 17ª colocação.

Os tricolores precisaram de apenas 45 minutos para liquidar a fatura. Diante de um adversário sem nenhuma imaginação, o Flu arriscou chutes de fora da área e se deu bem. Essa foi a primeira vez que o time vence um jogo na Arena Condá.

Na próxima rodada, o Fluminense recebe o Grêmio, sábado, 16h, no Engenhão. Já a Chapecoense visita o Ceará, domingo, 19h, no Castelão.

Assim como no jogo contra o Deportivo Cuenca, o atacante Everaldo foi o nome do Flu no jogo desta segunda-feira. Com um gol e boa movimentação, o jogador incomodou a zaga rival e foi a melhor válvula de escape do Fluminense no duelo.

A primeira etapa em Chapecó foi de muita transpiração, mas de muito pouco futebol. Com a obrigação de vencer em casa, a Chape até tentou sair ao ataque, mas faltou qualidade.

Um pouco desorganizada atrás, a equipe deu espaços para o Flu, que optou pela cautela. Em sua primeira chance, no entanto, os visitantes abriram o placar. Em chute de fora da área, Everaldo acertou chute no canto esquerdo sem defesa para Jandrei, aos 10min.

A partir daí, os tricolores assumiram o controle da partida e teve boa produção pelo lado esquerdo. Aos 35, Sornoza repetiu a fórmula de Everaldo e se deu bem. Do lado direito, o camisa 10 acertou chute cruzado e ampliou a vantagem. Sem trabalho algum durante 45 minutos, o goleiro Júlio César foi apenas um espectador dentro do campo.

No prejuízo, a Chape voltou para a etapa final obrigada a correr riscos. Apesar da desvantagem, os donos da casa esbarraram na mesma falta de criatividade e não foram capazes de ameaçar.

Bem postado, o time carioca defendeu bem a sua vantagem e só saiu “na boa”. Guto Ferreira fez mexidas no meio e no ataque, mas o Alviverde abusou das bolas altas. Em uma das poucas bolas trabalhadas, Bruno Silva fez boa jogada pela direita e Leandro Pereira descontou, aos 33min. Com inteligência, o Flu cozinhou o jogo, esfriou o ímpeto adversário e sacramentou uma importante vitória.

CHAPECOENSE

Jandrei; Eduardo, Douglas, Nery Bareiro, Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo (Canteros), Wesley Natã (Bruno Silva), Diego Torres; Victor Andrade (Vinicius), Leandro Pereira. T.: Guto Ferreira

FLUMINENSE

Julio Cesar; Léo, Gum, Digão, Ibañez; Richard, Jadson (Airton), Sornoza, Ayrton Lucas; Everaldo (Matheus Alessandro), Luciano (Kayke). T.: Marcelo Oliveira

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Juiz: Anderson Daronco (RS)

Cartões amarelos: Leandro Pereira, Douglas, Diego Torres (Chapecoense); Jadson, Júlio César, Airton (Fluminense)

Cartões vermelhos: Douglas (Chapecoense)

Gols: Everaldo, aos 10min, e Sornoza, aos 35min do primeiro tempo (Fluminense); Leandro Pereira, aos 33min do segundo tempo (Chapecoense)

Fonte: Notícias ao Minuto